Crea dá início à autuação de empresas

Após blitze, Conselho Regional de Engenharia e Agronomia já emitiu quatro autos de infração por irregularidades


A fiscalização do Crea (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia) na RPT (Região do Polo Têxtil) começa a resultar em autuações para as empresas e prestadores de serviço flagrados com profissionais exercendo ilegalmente as atividades representadas pelo órgão.

Segundo o chefe da Unidade de Gestão e Inspeção do Crea em Americana, Edson Ricci do Carmo, já foram emitidos quatro autos de infração.

Foto: Divulgação
Blitze do Crea ocorreram em julho e foram detectadas irregularidades

As blitze do órgão ocorreram em julho em 52 empreendimentos e empresas, incluindo concessionárias de serviços públicos. Um levantamento no quadro técnico dessas empresas apontou os profissionais que atuavam sem registro. Segundo Edson, eles foram orientados a regularizarem a situação e notificados a providenciarem o registro. O descumprimento resulta em infração e multa. As multas variam de R$ 2.191,91 a R$ 13.151,46.

De acordo com ele, o órgão continua monitorando as empresas. “Aqueles que persistirem irregulares vão sendo autuados”, informa. “Garantindo o trabalho por pessoa qualificada, protegemos a sociedade de riscos causados pelo mau exercício profissional”, diz.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!