16 de agosto de 2022 Atualizado 22:16

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Baixa Procura

Concurso do IBGE para o Censo 2022 preencheu apenas um terço das vagas oferecidas

Mais de 67% das vagas de recenseador em Americana, S. Bárbara e N. Odessa não foram preenchidas por falta de candidatos

Por Maria Eduarda Gazzetta

28 de maio de 2022, às 07h54 • Última atualização em 28 de maio de 2022, às 13h38

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) abriu 439 vagas para a função de recenseador do Censo 2022, em Americana, Santa Bárbara d’Oeste e Nova Odessa. No entanto, o número de candidatos aprovados no processo seletivo, que foi realizado em abril, só preencheu um terço das oportunidades, ou seja, somente 142 profissionais devem ser chamados.

Nos três municípios não foram preenchidas 297 vagas, o que representa 67,6% dos cargos. “Vamos chamar o pessoal que foi aprovado, mas ainda não sabemos se o IBGE vai decidir por fazer um outro processo seletivo simplificado. Tivemos uma baixa adesão de inscritos”, explicou Caleb Sass, técnico de informações geográficas e estatísticas da agência de Americana. O núcleo também engloba Nova Odessa e Santa Bárbara d’Oeste.

IBGE informou que novos editais serão abertos para preencher as vagas em aberto – Foto: Tânia Rêgo / Abr

Em Americana, o órgão havia disponibilizado 218 vagas para a função, mas só 138 pessoas se inscreveram e, deste total, 85 foram aprovadas. Em Santa Bárbara eram 168 vagas para 75 inscritos, mas só 45 passaram na prova. Em Nova Odessa havia 53 vagas para 32 inscritos. Apenas 12 foram aprovados.

A reportagem questionou o IBGE sobre a situação e o instituto respondeu que “haverá novos editais para preencher vagas não preenchidas”.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Os contratados serão responsáveis pela coleta de dados nos municípios. A previsão é que eles trabalhem por até três meses na coleta domiciliar, podendo o prazo ser prorrogado. O salário é por produção, ou seja, quanto mais domicílios visitar e pessoas entrevistar, maior a remuneração.

ACS e ACM
ara os cargos de ACS (Agente Censitário Supervisor) e ACM (Agente Censitário Municipal), as 48 vagas abertas foram preenchidas. Em Americana serão contratados 21 ACSs e três ACMs. Em Santa Bárbara são 15 ACSs e três ACMs.

Por fim, Nova Odessa terá cinco ACSs e apenas um ACM.
Os funcionários receberão auxílio-alimentação, auxílio-transporte, auxílio pré-escola, férias e 13º proporcionais. Os salários oferecidos são de R$ 2,1 mil e R$ 1,7 mil, respectivamente.

ACAI
O IBGE abriu, no último dia 24, um processo seletivo para a contratar dois Acais (Agentes Censitários de Administração e Informática), em Santa Bárbara. A cidade é um dos 114 municípios do País que não têm classificados pelo concurso.

Para concorrer a uma das duas vagas é necessário que os interessados tenham concluído o ensino médio. As inscrições seguem até a próxima terça-feira, pelo formulário on-line no site do IBGE, sem cobrança de taxa.

Os profissionais têm como função executar atividades administrativas e de informática nas sedes e subáreas. O salário mensal é de R$ 1,7 mil, com auxílio-alimentação e auxílio-transporte e jornada de 40 horas semanais. A previsão de duração do contrato é de até cinco meses, com possibilidade de prorrogação. A seleção do candidato acontece por meio de análise de títulos.

Publicidade