25 de janeiro de 2021 Atualizado 20:55

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Economia

Comércio de Santa Bárbara vai funcionar das 11h às 21h no final do ano

Medida foi adotada para atender às determinações do Plano São Paulo, que limita funcionamento de estabelecimentos a 10 horas diárias

Por Marina Zanaki

03 dez 2020 às 18:08

Meta é conseguir alcançar as vendas do Natal do ano passado - Foto: Ernesto Rodrigues - O Liberal

O comércio de Santa Bárbara d’Oeste vai funcionar no horário especial de final de ano das 11h às 21h a partir de segunda-feira (7). Inicialmente, o calendário previa abertura das lojas às 9h até das 22h, mas em função da regressão no Plano São Paulo e a limitação de 10 horas diárias, a Acisb (Associação Comercial e Industrial de Santa Bárbara d’Oeste) e a prefeitura definiram pela atualização do calendário.

Em Americana, a prefeitura autorizou o funcionamento das 9h às 21h. A decisão contraria decreto do Estado. Segundo o Executivo, a medida foi adotada pois o Comitê de Combate à Covid-19 avaliou que, “diferente da compreensão estadual, um período de funcionamento mais elástico reduzirá as chances de aglomeração durante o período de compras de fim de ano”.

A Acisb chegou a pedir à prefeitura a ampliação do horário de funcionamento, mas o pedido não foi acatado pelo prefeito Denis Andia (PV).

“A gente conversou com o prefeito e ele foi muito claro que não depende dele, depende de decreto estadual, e prefere manter a ordem do governo de 10 horas diárias”, contou o presidente da associação barbarense, João Batista.

O empresário disse que foi realizada uma consulta aos comerciantes e ficou definido abrir duas horas mais tarde do que o previsto para que as lojas pudessem ficar abertas à noite. A meta é conseguir alcançar as vendas do Natal do ano passado, dando fim à sequência de meses com faturamento em queda em relação a 2019.

“As expectativas são boas de que vai fazer um bom movimento. Apesar das duas horas a menos, que não era o que a gente esperava em termos de horário, acha que vai ser bom. Em dezembro, à noite dá bastante movimento, os comerciantes estão confiantes com esse horário da noite”, disse o presidente.

Na região, a Acino (Associação Comercial e Industrial de Nova Odessa) informou que os comerciantes vão funcionar das 10h às 20h, também a partir de segunda-feira.

Sumaré e Hortolândia sinalizaram que vão respeitar o limite de 10 horas, mas cada comerciante terá autonomia para definir seu horário de funcionamento.

Publicidade