21 de abril de 2021 Atualizado 00:43

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

PANDEMIA

Com mais 39 mortes, RPT chega a 1.862 óbitos por Covid-19

As cinco cidades da região registraram novas vítimas nos boletins desta terça-feira

Por André Rossi

06 abr 2021 às 22:04

As cinco cidades da RPT (Região do Polo Têxtil) registraram nesta terça-feira (6) mais 39 mortes provocadas pelo novo coronavírus (Covid-19), elevando para 1.862 o número de vítimas desde o início da pandemia.

A cidade com mais casos nesta terça foi Sumaré, com 15. A cidade lidera a região em óbitos, com 577. O perfil das vítimas:

– 28/03: Mulher de 36 anos, sem comorbidades. Estava internada em Indaiatuba no Hospital Santa Ignês;

– 05/04: Homem de 36 anos, com comorbidades. Estava internado no Hospital Santa Tereza Campinas;

– 02/04: Mulher de 54 anos, com comorbidades. Estava internado no Hospital Samaritano Campinas;

– 30/03: Mulher de 65 anos, com comorbidades. Estava internada no Hospital Unimed Campinas;

– 02/04: Mulher de 70 anos, com comorbidades. Estava internada no Hospital Municipal Mario Gatti;

– 06/04: Mulher de 50 anos, com comorbidades. Estava internada no Hospital Estadual de Sumaré;

– 05/04: Mulher de 50 anos, com comorbidades. Estava internada na UPA Macarenko;

– 05/04: Mulher de 37 anos, com comorbidades. Estava internada no CAISM da Unicamp;

– 05/04: Mulher de 59 anos, com comorbidades. Estava internada no Hospital Unimed Campinas;

– 30/03: Mulher de 80 anos, com comorbidades. Estava internada na UPA Macarenko;

– 02/04: Mulher de 98 anos, com comorbidades. Estava internada na UPA Nova Hortolândia;

– 05/04: Mulher de 60 anos, com comorbidades. Estava internada na UPA Macarenko;

– 05/04: Mulher de 80 anos, com comorbidades. Estava internada na UPA Macarenko;

– 04/04: Mulher de 70 anos, com comorbidades. Estava internada na UPA Macarenko;

– 27/03: Mulher de 58 anos, com comorbidades. Estava internada na Casa de Saúde Campinas.

Na sequência aparece Americana, com 14 mortes. Agora, a cidade acumula 14.060 casos positivos da doença, com 394 mortes. Até o momento, 415 pacientes estão em isolamento domiciliar e 13.219 pessoas se recuperaram.

Em Santa Bárbara d’Oeste, mais três vítimas foram registadas. São  12.826 casos confirmados, com 394 óbitos. As novas mortes foram:

– homem de 68 anos, que faleceu no dia 3 de março;

– mulher de 76 anos, que faleceu no dia 3 de março;

– homem de 77 anos, que faleceu no dia 4 de abril;

Nova Odessa comunicou quatro novas mortes, chegando a 111. A cidade tem 3.230 casos confirmados. O perfil das vítimas:

– homem de 66, morador do Jardim Monte das Oliveiras, que estava internado na UR (Unidade Respiratória) do Jardim Alvorada e faleceu no dia 27 de março. Ele era cardiopata e sofria de diabetes;

– mulher de 67 anos, moradora do Jardim São Jorge, que estava internada na UR do Jardim Alvorada e faleceu no dia 28 de março. Não havia informações sobre comorbidades;

– mulher de 65 anos, moradora da Vila Azenha, que estava internada UR do Jardim Alvorada e faleceu no dia 31 de março;

– mulher de 78 anos, moradora do Cenro, que estava internada na Ala Covid do Hospital e Maternidade de Nova Odessa e faleceu no dia 4 de abril. Não havia informações sobre comorbidades.

E, por fim, Hortolândia teve três mortes e atingiu 386 vítimas. A cidade soma 11.102 casos confirmados. Até o momento, 10.586 pacientes se recuperaram. As novas vítimas são:

– homem de 43 anos, com comorbidades, que estava internado na Unidade Respiratória do Nova Hortolândia e faleceu no dia 4 de abril;

– homem de 47 anos, com comorbidades, que estava internado na Unidade Respiratória do Nova Hortolândia e faleceu no dia 2 de abril;

– homem de 65 anos, com comorbidades, que estava internado em um hospital particular de São Paulo e faleceu no dia 1º de abril.

Publicidade