05 de agosto de 2021 Atualizado 08:48

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Região

Com mais 36 óbitos por coronavírus, RPT chega a 2.825 vítimas da pandemia

Maior número foi registrado em Nova Odessa, que informou 11 vítimas; paciente mais jovem tinha 24 anos e morava em Hortolândia

Por Guilherme Magnin

21 jun 2021 às 21:51

A RPT (Região do Polo Têxtil) registrou 36 mortes pelo novo coronavírus (Covid-19) nesta segunda-feira (21), totalizando 2.825 vítimas da pandemia. O paciente mais jovem informado hoje tinha apenas 24 anos e residia em Hortolândia.

A Prefeitura de Americana confirmou mais seis óbitos pela Covid-19 nesta segunda-feira. No total, o município chegou a 634 mortes pela doença desde março do ano passado, início da pandemia.

Hortolândia informou quatro mortes, totalizando 561 vítimas da pandemia. Abaixo, os óbitos registrados hoje:

  • Homem, 24 anos, com comorbidades. Foi internado em São Paulo em 24 de maio e faleceu em 1° de junho;
  • Homem, 58 anos, sem comorbidades. Foi internado na Unidade Respiratória em 12 de junho e faleceu no dia 17;
  • Mulher, 79 anos, com comorbidades. Internada na Unidade Respiratória em 12 de junho, faleceu no dia 20;
  • Homem, 53 anos, com comorbidades. Internado na Unidae Respiratória em 7 de junho, faleceu no dia 19.

A Vigilância Epidemiológica de Nova Odessa confirmou mais 200 casos positivos de Covid-19 e 11 óbitos, dos quais nove ocorreram em outras cidades entre o mês de maio e o início de junho, mas só agora informados pelos municípios onde ocorreram.

A cidade chegou, assim, a 5.155 pacientes positivados ao longo dos 16 meses de pandemia, dos quais 190 não resistiram ao vírus e faleceram.

Os óbitos incluídos no boletim epidemiológico trazem cinco pessoas que faleceram em Americana, entre os dias 27 de maio e 05 de junho, todos de idosos, dois em Sumaré (nos dias 10/05 e 31/05) e dois em São Paulo, nos dias 21 e 22 de maio. Os outros dois óbitos, mais recentes, ocorreram na UR (Unidade Respiratória do Jardim Alvorada), nos dias 15 e 16 de junho. Não há informações sobre o sexo e a idade dos pacientes que faleceram.

Santa Bárbara d’Oeste informou mais seis vítimas da pandemia, totalizando 626 óbitos. Os pacientes eram:

  • Homem, 56 anos, faleceu em 18 de junho;
  • Homem, 54 anos, faleceu em 18 de junho;
  • Homem, 81 anos, faleceu em 19 de junho;
  • Homem, 95 anos, faleceu em 19 de junho;
  • Homem, 57 anos, faleceu em 19 de junho;
  • Mulher, 43 anos, faleceu em 21 de junho;

As 26 vagas de UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) da rede pública, que estão no Hospital Santa Bárbara, seguem completamente ocupadas. Os leitos com respiradores têm 34% de ocupação, e os leitos sem respiradores, 68%.

Sumaré informou nove óbitos:

  • Homem de 58 anos, com comorbidades. Estava internado no Hospital Estadual de Covid 19 AME Campinas e faleceu em 16 de junho;
  • Mulher de 81 anos, com comorbidades. Estava internada na UPA Macarenko e faleceu em 19 de junho;
  • Mulher de 63 anos, com comorbidades. Estava internada na UPA Macarenko e faleceu em 19 de junho;
  • Homem de 64 anos, com comorbidades. Estava internado na UPA Macarenko e faleceu em 19 de junho;
  • Homem de 53 anos, com comorbidades. Estava internado na UPA Macarenko e faleceu em 18 de junho;
  • Homem de 59 anos, com comorbidades. Estava internado na UPA Macarenko e faleceu em 18 de junho;
  • Homem de 40 anos, com comorbidades. Estava internado na UPA Macarenko e faleceu em 17 de junho;
  • Homem de 37 anos, sem comorbidades. Estava internado na UPA Macarenko e faleceu em 20 de junho;
  • Mulher de 40 anos, com comorbidades. Estava internada no Hospital Estadual de Sumaré e faleceu em 20 de junho.

Cidade com maior mortalidade na RPT, Sumaré contabiliza 814 vítima da pandemia.

Publicidade