Casal de Americana ‘atravessa’ tiroteio durante tentativa de roubo na SP-304

Eles passavam pela rodovia e disseram ter testemunhado a ação dos criminosos que bloqueou a rodovia, na noite desta segunda-feira


O auditor Eneas José da Silva Neto, de 26 anos, e a estagiária Vitória Fernandes de Azevedo da Silva, de 20 anos, moradores do Jardim Bertoni, em Americana, passavam pela Rodovia Luiz de Queiroz (SP-304) enquanto tiros eram disparados na noite desta segunda-feira (11), na altura do distrito de Tupi, em Piracicaba, após a tentativa de roubo a um carro-forte, no sentido Santa Bárbara d’Oeste.

O casal retornava de Piracicaba quando Eneas, que estava dirigindo, percebeu que havia um carro parado no meio da pista, de acordo com relato enviado por ele à reportagem do LIBERAL. “Eu percebi que o acidente tinha acabado de ocorrer, e até então não tinha visto do que se tratava. Eu liguei o pisca alerta e reduzi, porque a minha intenção era socorrer”, contou.

Foto: Divulgação
Armamento utilizado durante a ação

“Logo que eu reduzi eu escutei uns barulhos e me atentei que eram tiros. Eu vi que tinha uma pessoa do lado direito do acostamento, que provavelmente era um dos bandidos. Foi aí que eu resolvi ir embora. Não parei. Abaixei a minha cabeça e a da minha esposa e segui reto”, completou o auditor.

Ele disse ter percebido que havia movimentação também no outro sentido da via e emitiu sinais luminosos com o faro alto para alertar outros motoristas.

“Fiquei em choque, na hora nem reagi. Vi que estava tendo tiroteio e falei para ele [Eneas]: corre. Olhei para trás e só vi que tinha um carro de um lado e outro do outro. Na hora você fica sem reação”, acrescentou Vitória.

Os criminosos atiraram contra o carro-forte, alvo da ação, mas não conseguiram concluir o roubo. A Polícia Militar informou à reportagem que não houve troca de tiros contra os suspeitos, apenas os disparos efetuados contra o veículo de transporte de valores.

A SP-304 ficou bloqueada no sentido Piracicaba por cerca de duas horas, entre 21h e 23h, enquanto o sentido Santa Bárbara d’Oeste permanecia com o trânsito interrompido por volta das 23h30.

Em um carro abandonado na ação, a Polícia Militar achou uma metralhadora calibre .50, munição e e “miguelitos” – espécie de prego para furar pneus.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!