Campanha para ‘limpar o nome’ será realizada em três cidades da região

Hortolândia, Nova Odessa e Santa Bárbara d’Oeste recebem ação que oferece oportunidades de renegociações de dívidas


Três cidades da RPT (Região do Polo Têxtil) recebem, até dezembro, a campanha para ‘limpar o nome’ da Boa Vista SCPC. “Acertando suas Contas” é uma das maiores iniciativas de promoção da sustentabilidade do crédito do país, com o diferencial de associar oportunidades de renegociações de dívidas à orientações de educação financeira. Mais de 60 cidades nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Cuiabá e a capital de Alagoas, Maceió, participam da campanha.

Foto: Divulgação
Serão oferecidas também ações de educação financeira aos consumidores que procurarem a campanha

Em Santa Bárbara d’Oeste, os atendimentos serão realizados na sede da associação comercial, na Rua Duque de Caxias, 490, no Centro. O horário de atendimento será das 8h30 às 18h, de segunda a sexta-feira, e das 9h às 13h no sábado. As negociações serão feitas até o dia 20 de dezembro.

Os moradores de Hortolândia podem procurar a renegociação de seus débitos na Rua Zacharias Costa Camargo, 150, no Remanso Campineiro, até o dia 21 de dezembro. O atendimento é das 8h às 18h.

Os atendimentos em Nova Odessa serão realizados de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, até o dia 20 do próximo mês. A associação comercial fica na Rua 15 de Novembro, 685, no Centro.

Diretora de Marketing e Produtos da Boa Vista, Lola de Oliveira explicou que ao longo de sete anos, a campanha “Acertando suas Contas” já atendeu mais de 920 mil famílias, gerou mais de 388 mil renegociações de dívidas e contou com a participação de mais de 700 empresas. Esses números comprovam o sucesso da iniciativa para a qual a Boa Vista se empenha, a cada ano, para ampliar seus benefícios ao máximo de consumidores.

“A capilaridade que só a Boa Vista tem, devido a sua parceria com as Associações Comerciais, Empresariais e Industriais, Federações Comerciais e Entidades de classe, de municípios dos mais diversos estados do país, permite beneficiar um grande número de empresas e consumidores. A cada nova edição, com a adesão desses parceiros, conseguimos envolver mais empresas interessadas em renegociar, e com isso ajudar mais consumidores a colocar as contas em dia”, detalha Lola.

“Constantemente aprimoramos o formato da campanha para que mais cidades possam promover a negociação de dívidas entre consumidores. O consumidor consegue fazer um acordo e pagar a dívida em atraso, mas também recebe orientações para se conscientizar quanto ao melhor uso do dinheiro, por meio de palestras e materiais sobre educação financeira. Para isso contamos com a parceria de Associações Comerciais, Empresariais e Industriais, Federações e Entidades de classe, que garantem a capilaridade e o sucesso desta iniciativa”, complementa a diretora da Boa Vista.

A campanha ‘Acertando suas Contas’ pode acontecer em dois formatos. O de mutirão: quando as empresas credoras se reúnem em um mesmo local e período, sob a coordenação da entidade parceria, para prestar o atendimento ao público. E o itinerante: no qual a Entidade atende o consumidor no seu balcão e após prestar todas as orientações, encaminha-o para a renegociação diretamente no estabelecimento do credor, munido de um cupom que deverá ser apresentado para obter condições especiais para quitar as dívidas. Cabe à entidade parceira definir o melhor formato.

Segundo a diretora da Boa Vista, em ambos os formatos, o consumidor é contemplado com a consulta gratuita de CPF, realizada no banco de dados do SCPC. Consulta que também pode ser feita de graça no portal www.consumidorpositivo.com.br. Com ela há a identificação dos valores e demais dados do credor. Para realiza-la é fundamental ter em mãos o RG e CPF.

“Nós queremos que o consumidor limpe o nome e sabemos que o melhor momento para isso costuma ser no fim do ano, com a renda extra advinda do 13º salário. Também incentivamos as ações relacionadas à educação financeira para gerar reflexão sobre a importância de cuidar adequadamente das finanças”, detalha Lola.

Quanto às políticas de crédito e cobrança, cabe a cada uma das empresas participantes definir quais percentuais aplicará e como fará a cobrança nas suas renegociações. Ou seja, nem a Boa Vista, nem as Entidades parceiras fazem qualquer tipo de intermediação.

No entanto, a empresa recomenda aos credores que façam suas melhores ofertas nesse período, para que tenham sucesso nas renegociações das dívidas a fim de fechar bons acordos que permitam de fato o pagamento.

Com informações da assessoria de imprensa da Boa Vista SCPC.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!