27 de maio de 2022 Atualizado 14:54

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Protesto

Caminhoneiros bloqueiam rodovias em Limeira e Piracicaba em apoio a Bolsonaro

Na Rodovia Anhanguera (SP-330), bloqueios ocorrem nos quilômetros 147 e 188 na noite desta quarta-feira; apenas caminhões estão sendo parados

Por Guilherme Magnin

08 Setembro 2021, às 22h33 • Última atualização 08 Setembro 2021, às 22h50

Manifestações de caminhoneiros na noite desta quarta-feira (8) causaram bloqueios nas rodovias Anhanguera (SP-330), nas cidades de Limeira (km 147) e Leme (km 188), e Rodovia Geraldo de Barros (SP-304), em Piracicaba. Segundo informações da PMR (Polícia Militar Rodoviária), não foram registrados incidentes violentos e apenas caminhões estão sendo parados, com a passagem de ônibus e automóveis de passeio ocorrendo normalmente.

Manifestação em Santa Catarina ocorreu ao longo do dia todo – Foto: Fom Conradi / Ishoot / Estadão Conteúdo

As manifestações, que em maioria apoiam o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), tiveram início por volta das 21 horas desta quarta, segundo informações da CCR Autoban, concessionária que administra a Anhanguera. A empresa orienta, através de publicações nas redes sociais, que os motoristas busquem utilizar a Rodovia dos Bandeirantes (SP-348) como alternativa.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Nesta noite, o Ministério da Infraestrutura informou que registrou manifestações semelhantes em 14 estados brasileiros, sendo que, somente em 12 casos, os envolvidos estavam realizando abordagens de veículos de carga.

Os protestos ocorrem desde terça-feira, feriado de Sete de setembro, quando presidente Jair Bolsonaro convocou atos em apoio ao seu governo e contra o STF (Supremo Tribunal Federal). Desde então, tiveram início movimentações e até mesmo pautas regionais, indígenas e de produtores locais também foram registradas.

Ainda segundo a pasta, foram confirmadas 117 tentativas de concentração de pessoas com a realização de bloqueios no total, mas que foram debeladas pelas autoridades nas últimas horas.

A maior preocupação no momento é que com o abastecimento de combustíveis em algumas localidades do País, como nos estados de Santa Catarina e Mato Grosso, que já apresentavam situação crítica nesta quarta-feira.

*Com informações da Agência Estado.

Publicidade