Bolsonaro vence com folga nas seções eleitorais em Americana

Vitória em todas urnas do candidato do PSL também foi observada em Nova Odessa e Santa Bárbara; confira como foi a votação no seu bairro


O candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL) foi o mais votado em todas as urnas das duas zonas eleitorais de Americana. Ao todo, foram 83.563 votos espalhados por todos os bairros. A cidade teve 129.962 votos válidos. Ciro Gomes (PDT) e Fernando Haddad (PT) revezaram-se entre segundo e terceiro colocado na grande maioria das seções. João Amoêdo (Novo) aparece em terceiro em dez bairros, enquanto Geraldo Alckmin (PSDB) consegue subir ao pódio somente em dois.

O levantamento realizado pelo LIBERAL com base em informações dos cartórios das duas zonas eleitorais revelou a tendência dos eleitores de Americana de escolher Bolsonaro para a presidência. Ele não só liderou em todas as urnas, e consequentemente em todos os bairros, como o fez com folga. A votação do deputado federal é no mínimo o dobro do segundo colocado em todas as seções da cidade.

De acordo com os boletins de urna, a maior diferença da votação de Bolsonaro para o segundo colocado foi registrada na Vila Nossa Senhora de Fátima. Nas seções desse bairro, ele teve 948 votos, enquanto o segundo mais votado, Ciro Gomes, alcançou apenas 106. A vantagem foi de 794%.

Os dois bairros onde Bolsonaro foi menos aceito – apesar de vencer com vantagem de cerca de 200% – foram Mathiensen, São Benedito, e Praia Azul. Nesses bairros, Fernando Haddad foi o segundo colocado.

Para o ex-vereador petista Celso Zoppi, o resultado das urnas revela conservadorismo e esgotamento dos eleitores. “Americana sempre teve um eleitorado muito conservador. Eu vejo nessas eleições um reflexo do ‘antipetismo’, que foi exaustivamente trabalhado desde após as eleições de 2014, e agora há esse reflexo”, afirmou.

Nova Odessa e Santa Bárbara

Assim como em Americana, Santa Bárbara d’Oeste e Nova Odessa também demonstraram preferência por Jair Bolsonaro (PSL). Nas duas cidades, ele ganhou em todas urnas. Foram 64.931 votos barbarenses, de um total de 102.209 válidos. Em Nova Odessa, 20.487 dos 33.718 escolheram o deputado.

Em Santa Bárbara d’Oeste, a maior diferença de Bolsonaro para o segundo foi registrada na Vila Linópolis. Lá, rebebeu 2.400 votos, enquanto Fernando Haddad (PT) registrou apenas 287. A vantagem foi e 736%. O Parque Zabane foi onde o petista chegou mais próximo de Bolsonaro, registrando 585 votos, contra 1.668 do candidato do PSL.

Em Nova Odessa, a maior vantagem de Bolsonaro contra o segundo colocado foi no Centro, onde teve 4.536 votos, contra 704 votos de Ciro Gomes (PDT). No São Manoel, foi registrada a menor diferença: 1.977 para Bolsonaro, ante 708 votos para Haddad.

Nas duas cidades, o pódio teve a participação de outros candidatos além do trio em apenas três bairros. Geraldo Alckmin (PSDB) apareceu em terceiro lugar no São Francisco e São Jorge, em Nova Odessa, e João Amoêdo (Novo) foi terceiro no Residencial Furlan, em Santa Bárbara.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!