Bispo assume sob pressão por veredito no caso do padre Leandro

Fiéis querem que dom José Roberto Fortes Palau seja canal para cobrar Vaticano sobre resultado de investigação do caso Leandro


Nomeado nesta quarta-feira novo bispo de Limeira pelo papa Francisco, dom José Roberto Fortes Palau deve assumir o cargo em meio à pressão de fiéis pelo veredito da igreja sobre o padre Pedro Leandro Ricardo.

Receba as notícias do LIBERAL pelo WhatsApp

Leandro está afastado do comando da Basílica Santuário Santo Antônio de Pádua, em Americana, desde janeiro, sob suspeita de abuso sexual de ex-coroinhas, e foi alvo de uma investigação da igreja – porém, o Vaticano ainda não divulgou o resultado. Americana é subordinada à Diocese de Limeira.

Embora o caso de Leandro esteja nas mãos do Vaticano, fora da alçada do novo bispo, um membro do Conselho Administrativo e Econômico da Basílica e o fiel que montou o dossiê que originou a investigação enxergam dom José Roberto como possível canal com o comando da instituição Católica.

Embora nomeado ontem, dom José só será empossado no cargo em 18 de janeiro. Fiéis só devem contatá-lo depois disso. Atualmente, ele é bispo auxiliar da arquidiocese de São Paulo.

Palau entra no cargo que foi ocupado durante quase 12 anos por Vilson Alves de Oliveira, suspeito de acobertar acusações contra Leandro e de extorquir padres. Vilson renunciou em maio, encerrando assim a apuração da igreja contra ele. Tornou-se bispo emérito e mantém um salário – a Diocese confirma o pagamento de uma “ajuda” a Vilson, mas o valor não é revelado.

Ouça o “Além da Capa”, um podcast do LIBERAL

Desde então, Dom Orlando Brandes substituiu Vilson de forma temporária, como administrador diocesano, e continua no cargo até a posse oficial do novo bispo.

“Mesmo que ele [Palau] responda que não tem autoridade sobre o processo, não tem acesso ao processo, mas é um canal. Que ele faça uma ponte, um apelo”, afirma o produtor audiovisual José Eduardo Milani, fiel responsável por montar o dossiê que originou toda investigação contra Leandro e Vilson.

“A gente não vê a hora que decidam alguma coisa”, afirma um membro do Conselho, que diz que o grupo pretende conversar com o bispo pedindo agilidade no caso Leandro.

Atualmente, a Basílica é comandada interinamente pelo padre Valdinei Antônio da Silva, que está na função de administrador paroquial. É o terceiro a ocupar o cargo após o afastamento de Leandro. A igreja só nomeará novo reitor após o julgamento do caso.

Trajetória

Dom José Roberto Fortes Palau, de 54 anos, é bispo auxiliar da arquidiocese de São Paulo desde 2014. Nasceu em Jacareí e foi ordenado sacerdote em 1993. É mestre em Teologia da Espiritualidade pela Pontifícia Faculdade de Teologia Teresianum (Roma, 1994-1996) e doutor em Teologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (2003-2007). A reportagem não conseguiu contato com o novo bispo.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora