Aulas da rede municipal retornam em três cidades

Mais de 41 mil estudantes retornam às salas de aula nesta segunda-feira nas cidades de Nova Odessa, Santa Bárbara d'Oeste e Sumaré


Cerca de 41,5 mil alunos da rede municipal de ensino retornam às salas de aula nesta segunda-feira (11) na RPT (Região do Polo Têxtil). O ano letivo será retomado nas cidades de Nova Odessa, Santa Bárbara d’Oeste e Sumaré. Em Americana e Hortolândia, as aulas já recomeçaram.

Foto: Prefeitura de Santa Bárbara d'Oeste/Divulgação
15 mil alunos da rede de ensino de Santa Bárbara d’Oeste retornam na próxima segunda-feira (11)

Na semana passada, as 53 escolas barbarenses realizaram os trabalhos de planejamento e organização para receberem as crianças. Desde a última quarta-feira (6), os mais de 2 mil profissionais de Educação atuam nos espaços dos segmentos de Educação Infantil (Creche, Jardim I e II), Ensino Fundamental (1º ao 5º ano) e EJA (Educação de Jovens e Adultos). Na primeira semana de funcionamento, os alunos frequentam as unidades em horários diferenciados em período de adaptação. São 15 mil alunos na cidade.

O atendimento às crianças da creche (0 a 3 anos) na segunda-feira será das 6h30 até 9h30. Na terça-feira (12) o funcionamento será das 6h30 às 12 horas. Já na quarta-feira (13) o período encerra às 15h30.

No jardim I e II (4 e 5 anos), a adaptação será nos dias 11, 12 e 13. No período regular da manhã, o atendimento ocorre das 7h30 às 9h30. No atendimento da tarde, o horário será das 13 às 15 horas. Na Educação Integral as aulas atendem das 7 às 11 horas.

Aos alunos do 1º ao 5º ano, do Ensino Fundamental, nos dias 11 e 12, o atendimento da manhã será das 7h30 às 9h30 e à tarde das 12h30 às 15 horas. Na Educação Integral o atendimento será das 7 às 11 horas. Os demais dias da semana seguem com o horário normal de aula. As aulas da EJA (Educação de Jovens e Adultos) iniciam normalmente no dia 11 de fevereiro.

O objetivo da Secretaria de Educação de Sumaré para este ano é manter os projetos em parceria com empresas e atividades extraclasse, que complementam o conteúdo desenvolvido em sala de aula. Além disso, neste ano, as escolas municipais São Judas Tadeu, região da Área Cura, e na EM Magdalena Maria Vedovatto Callegari, região do Maria Antonia, passam a contar com “Ensino em Tempo Integral”, um projeto piloto que vai beneficiar 430 crianças. Além da grade curricular básica, com disciplinas como português e matemática, por exemplo, as crianças terão também à disposição oficinas com atividades culturais, lúdicas e de recreação. A rede do município atende 22 mil alunos.

Logo no início do ano, todas as unidades começaram passar por manutenção e limpeza completa para receber os alunos. Algumas escolas também receberam obras que vão oferecer maior conforto e segurança aos alunos. A Escola Municipal Jardim Denadai, por exemplo, recebeu serviços de troca de pisos e adequação dos banheiros. Já a Escola Municipal André Denadai, no Jardim Santa Carolina – também conhecida por CAIC – contará com nova área de parada para vans escolares e estacionamento aos pais ou responsáveis.

Na parte pedagógica, o projeto “Leitura e Ética na Escola”, desenvolvido em parceria com a Editora Adonis, foi renovado e ampliado, atendendo também em 2019 os alunos dos 6ºs e 7ºs anos, visando incentivar a leitura junto às crianças e trabalhar temas como preconceitos, comportamento e bullying. O projeto inclui também a formação dos professores e visita às dependências da editora para conhecer as etapas da confecção de um livro.

KITS
A Prefeitura de Nova Odessa entregou na última sexta-feira (8) os kits escolares para os alunos da rede municipal de ensino, tantos os estudantes do ensino infantil como os estudantes do ensino fundamental. Foram adquiridos 4,5 mil kits e o investimento ultrapassou a casa dos R$ 690 mil.

Com informações das assessorias de imprensa das prefeituras de Nova Odessa, Santa Bárbara d’Oeste e Sumaré.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora