28 de junho de 2022 Atualizado 11:50

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Piracicaba

Acusado de matar 3 pessoas dentro de ônibus será transferido ao CDP

Ele passou a noite na carceragem e, após a audiência de custódia, teve o mandado de prisão decretado

Por Cristiani Azanha

22 de junho de 2022, às 14h24 • Última atualização em 22 de junho de 2022, às 21h01

Ataque ocorreu na tarde desta terça-feira - Foto: Prefeitura de Piracicaba / Divulgação

José Antônio Santana Filho, de 52 anos, foi transferido na tarde desta quarta-feira (22) para o CDP (Centro de Detenção Provisória) Nelson Furlan, em Piracicaba. Ele é acusado de matar três pessoas e ferir outras três dentro do ônibus da TUPi, no Centro, às 15h15 da terça-feira (21). Ele foi preso por policiais militares do 10º Baep (Batalhão de Ações Especiais de Polícia). O caso está sendo apurado pela Deic (Divisão Especializada de Investigações Gerais).

Durante coletiva realizada na sede da Deic, a delegada da 2ª DHPP (Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa), Juliana Ricci disse que o homem demonstrava estar longe da realidade. O acusado passou a noite na carceragem e após ser apresentado à audiência de custódia, ele teve o mandado de prisão decretado pela Justiça. Ele deve cumprir o processo preso na unidade prisional.

Vítimas fatais
Uma das vítimas fatais foi identificada como sendo Adriana Coelho da Silva, 42 anos, que morreu no local. A funcionária do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Piracicaba e Região, Roseli Ramalho Ferreira, de 55 anos, também foi vítima do atentado e não resistiu. A entidade fechou as portas em luto e reabre normalmente nesta quinta-feira (23). Valdemar da Silva Venâncio, 68 anos, também foi assassinado dentro do ônibus. As vítimas seriam sepultadas nos cemitérios de Piracicaba nesta quarta-feira (22).

Outros três passageiros do ônibus que foram feridos estão internadas no HFC (Hospital Fornecedores de Cana) e UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da Vila Rezende.

Publicidade