Sumaré e Hortolândia vão vacinar bebês contra sarampo

Secretaria Estadual da Saúde anunciou que bebês de 6 meses a 1 ano de 39 cidades devem ser vacinados; Região do Polo Têxtil tem três casos confirmados


A Secretaria Estadual da Saúde de São Paulo anunciou ontem que bebês de 6 meses a 1 ano de 39 cidades paulistas deverão ser vacinados contra o sarampo, entre elas Sumaré e Hortolândia, na RPT (Região do Polo Têxtil). Ainda nas proximidades da região, Campinas e Indaiatuba também adotarão a medida.

A campanha será iniciada na segunda-feira e inclui ainda a aplicação de doses em crianças nessa faixa etária que vão se deslocar para essas cidades.

Foto: Marcelo Camargo / ABr
Bebês de 39 cidades paulistas serão vacinados contra o sarampo

Até o momento, a RPT registra três casos da doença, sendo um em Sumaré, de um menino de dois anos que inclusive já havia tomado as duas doses da vacina. O município teria mais oito casos suspeitos da doença.

Em Hortolândia, uma menina menor de idade também teve sarampo, enquanto o outro caso da região é de Americana, de uma mulher de 50 anos.

No fim de julho, o Ministério da Saúde já havia recomendado a vacinação de crianças dessa idade em 32 cidades paulistas. Agora, a recomendação foi ampliada para mais municípios pela pasta estadual, considerando o aumento do número de cidades que registraram casos.

Idealmente, a vacina tríplice viral (que protege contra sarampo, caxumba e rubéola) é aplicada em duas doses, aos 12 e aos 15 meses de idade. A decisão de antecipar a primeira dose se justifica pela circulação do vírus nessas localidades.

Segundo a Secretaria da Saúde, a aplicação da chamada “dose D” (ou dose zero, conforme nomenclatura do ministério) não será contabilizada no calendário nacional de vacinação da criança, ou seja, não substitui as doses de rotina. Após a aplicação da “dose D”, é preciso aguardar pelo menos 30 dias para aplicação da tríplice aos 12 meses, como prevê o calendário.

Balanço

Até agora, o Estado de São Paulo já confirmou 967 casos da doença, dos quais 778 foram registrados na capital paulista, que já havia anunciado a vacinação de bebês a partir dos 6 meses. De acordo com a pasta estadual, 13,6% de todos os casos tiveram como vítimas menores de 1 ano.

Além da campanha para bebês, o Estado tem a campanha para jovens de 15 a 29 anos em 15 municípios. Desde 10 de junho, 1,2 milhão de pessoas nessa faixa foram imunizadas. A meta é vacinar 4,4 milhões até o dia 16 de agosto, data de encerramento da iniciativa.

Cidades que vão vacinar bebês contra o sarampo:

• Atibaia
• Barueri
• Caçapava
• Caieiras
• Campinas
• Capital – São Paulo
• Carapicuíba
• Diadema
• Embu
• Estrela D’Oeste
• Fernandópolis
• Francisco Morato
• Guarulhos
Hortolândia
• Indaiatuba
• Itapetininga
• Itaquaquecetuba
• Jales
• Jundiaí
• Mairiporã
• Mauá
• Mogi das Cruzes
• Osasco
• Peruíbe
• Pindamonhangaba
• Praia Grande
• Ribeirão Pires
• Ribeirão Preto
• Rio Grande da Serra
• Santo André
• Santos
• São Bernardo do Campo
• São Caetano do Sul
• São José do Rio Preto
• São José dos Campos
• Sorocaba
• Sumaré
• Taboão da Serra
• Taubaté

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora