26 de fevereiro de 2021 Atualizado 21:54

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

CONTEÚDO PATROCINADO

AEAS segue com capacitações online e busca maior conexão com associados em 2021

Presidente da Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Sumaré fala sobre expectativas para novo ano e faz balanço sobre 2020

Por Assessoria de imprensa

27 jan 2021 às 11:12 • Última atualização 27 jan 2021 às 11:18

“Um ano de grandes desafios, em que seguiremos inovando, nos conectando com profissionais de todo o país e, claro, nos fortalecendo”. Essas são as expectativas do presidente da AEAS (Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Sumaré), o engenheiro civil José António Picelli Gonçalves, para 2021.

Após um ano em que se reinventar foi palavra de ordem, ele diz que já planeja junto à sua equipe ações voltadas para fomentar o conhecimento e o networking.

“Seguimos em meio a uma pandemia, tomando todos os cuidados em relação ao distanciamento social. No entanto, precisamos estar junto de nossos associados, promovendo ações que proporcionem a capacitação nos diferentes segmentos da engenharia”, afirmou.

O engenheiro civil José António Picelli Gonçalves – Foto: Divulgação

Picelli disse que já está trabalhando em um calendário de eventos, que deve ser aprovado nas próximas semanas. “Será novamente um ano de muito trabalho”, garantiu.

Balanço
O presidente da AEAS aproveitou para fazer um balanço das ações realizadas em 2020. “Com um ano inteiro planejado com inúmeras ações presenciais, nos vimos em uma pandemia sem precedentes, que nos impôs o distanciamento social e um novo jeito de viver”, afirmou.

“Mesmo assim, cumprimos com nossos objetivos, estando virtualmente juntos de nossos associados e também da sociedade civil, levando conhecimento e promovendo a troca de experiências”, disse.

Todas as ações realizadas tiveram apoio do CREA-SP (Conselho Regional de Agronomia do Estado de São Paulo). “Essa parceria foi fundamental para o sucesso de todo o trabalho que desenvolvemos. Gostaria de agradecer ao presidente da entidade estadual, o engenheiro Vinícius Marchese, e a todos os funcionários e colaboradores desse importante órgão por todo o apoio e por estarem juntos de nós, não só apoiando, mas participando de nossas ações”, afirmou.

Em 2020, além do atendimento com inúmeros serviços disponibilizados, a AEAS realizou cinco grandes iniciativas:

Abrindo seu calendário de eventos, a entidade sumareense realizou em parceria com a AEAH (Associação dos Engenheiros e Agrônomos de Hortolândia) e a AEANO (Associação dos Engenheiros, Agrônomos e Arquitetos de Nova Odessa), o 1º Encontro Regional de Profissionais da Área Tecnológica.

O evento teve suas duas primeiras ações realizadas presencialmente – já que aconteceram antes da pandemia. Os participantes assistiram às palestras “Relações interpessoais nas engenharias: a mágica de ser um profissional de engenharia”, com o engenheiro Robson Volkane, e “Como será a profissão do engenheiro do futuro?”, com a psicóloga e master coach Karina Alves.

A terceira palestra, que encerrou essa importante iniciativa, foi realizada de forma virtual. Na ocasião, os participantes assistiram a palestra “Engenharias pós e durante pandemia”, novamente com participação de Karina Alves.

Em agosto, a AEAS realizou o Seminário Internacional de Resíduos Sólidos, oportunidade em que reuniu autoridades nacionais e internacionais para falar sobre as engenharias e os 10 anos da Política Nacional de Resíduos Sólidos.

A iniciativa, aberta para engenheiros e arquitetos e toda a população, foi realizada de forma 100% virtual. “Nesse evento trouxemos à tona um tema de extrema importância. Foi uma ação muito importante em que tivemos uma participação ativa de profissionais e da sociedade civil”, disse.

O Seminário Internacional foi realizado em dois dias. No primeiro, os inscritos assistiram as palestras “A Importância das Engenharias no Setor de Resíduos Sólidos” com Dr. José Valverde Machado Filho, mestre em Direito Ambiental e coordenador executivo do Comitê de Integração de Resíduos Sólidos da SIMA-SP; “Gestão de Resíduos na Alemanha e as Sinergias com o Brasil”, com a Dra. Christiane Dias Pereira, engenheira civil e advogada, MBA em gestão empresarial e direito ambiental, doutoranda em gestão de resíduos sólidos urbanos e coordenadora da Componente Acadêmica do Projeto ProteGEEr pela Universidade Técnica de Braunschweig e, ainda, a palestra “Novo Marco Legal do Saneamento Básico no Brasil”, com o Dr. Fabrício Soler, professor, advogado, consultor da UNIDO/ONU e da CNI e organizador do Código dos Resíduos.

Já o segundo dia do evento contou com participação do engenheiro Luís Marinheiro, presidente da APEA (Associação Portuguesa de Engenharia do Ambiente) e vice-presidente do Comitê Técnico e Científico da ISWA (International Waste Association/ONU), que falou sobre “Gestão de Resíduos rumo a uma Economia Circular” e do Dr. Carlos Silva Filho, advogado e diretor-presidente da Abrelpe (Associação Brasileira de Empresas de Limpezas Públicas e Resíduos Especiais) e vice-presidente da ISWA (International Waste Association/ONU), que ministrou a palestra “Gestão de Resíduos em Tempo de Mudanças”.

A AEAS realizou ainda, em novembro do ano passado, a Semana das Engenharias – Projetando o Futuro. Os participantes acompanharam a apresentação do engenheiro Régis da Silva Maia, que falou sobre “NR-10 – Aplicação em edificações residenciais e comerciais”, e da psicóloga e coach Karina Alves, que abordou o tema “Como será a profissão do engenheiro do futuro?”

O evento teve, ainda, participação do engenheiro Whibero M. Figueredo, que ministrou palestra sobre “Tecnologia e Inovação: Projetando o futuro das engenharias”; da engenheira e presidente AEANO (Associação dos Engenheiros, Agrônomos e Arquitetos de Nova Odessa), Aryhane Massita, que falou sobre “A relação entre o meio ambiente e as engenharias e seus impactos na sociedade do futuro”; do engenheiro Luís Fernando Oliveira, que abordou a “Geração de energia solar: uma realidade ao seu alcance”; e do engenheiro Ernâni Lazarini, que falou sobre “NR-31 – norma regulamentadora de segurança e saúde no trabalho, agricultura, pecuária, avicultura, exploração florestal e aquicultura”.

No início de dezembro, a entidade realizou, novamente em sua plataforma virtual, a palestra “Engenharia: Os desafios da liderança”, com o engenheiro industrial mecânico e mestre em Administração com foco em Governança Corporativa, Cesarino Carvalho Júnior.

O calendário de eventos de 2020 da AEAS foi encerrado no dia 17 de dezembro com a palestra “Perspectivas para a Gestão de Resíduos e o Papel da Engenharia” e teve participação de Carlos Silva Filho, advogado e diretor-presidente da Abrelpe (Associação Brasileira de Empresas de Limpezas Públicas e Resíduos Especiais) e vice-presidente da ISWA (International Waste Association/ONU) e de Valdemir Ravagnani, engenheiro agrônomo e superintendente do Consimares (Consórcio Intermunicipal de Manejo de Resíduos Sólidos).

“Mesmo com todas as peculiaridades de 2020, tivemos um ano muito produtivo. Vimos nas palestras virtuais a oportunidade de fomentar de forma segura o conhecimento, permitindo que especialistas de variados setores falassem sobre suas áreas de atuação e, assim, dando importante contribuição. E seguiremos em 2021 buscando proporcionar outros momentos como esses”, resumiu o presidente da AEAS.

Picelli aproveitou para agradecer à toda diretoria da AEAS, aos associados, colaboradores e parceiros pelo apoio. “Sem a participação efetiva deles, nada disso teria sentido. O apoio de cada um, a presença nos eventos foi de fundamental importância para o sucesso dessas iniciativas”, afirmou.

Para saber mais sobre a AEAS e os serviços oferecidos, basta acessar o site www.aeas-sp.com.br. A entidade fica situada na Rua Luíza Rodrigues da Silva, 69, Planalto do Sol, em Sumaré. Outras informações podem ser obtidas pelo e-mail aesumare@gmail.com ou telefone (19) 3883-3022.

Conteúdo patrocinado

Publicidade