22 de janeiro de 2022 Atualizado 10:05

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

VIOLÊNCIA

Vídeo: câmera de segurança flagrou execução de secretário em Nova Odessa

Crime aconteceu por volta de 7h40, na esquina de um conjunto de prédios no bairro Jardim Marajoara

Por João Colosalle e Maria Eduarda Gazzetta

06 dez 2021 às 15:32 • Última atualização 06 dez 2021 às 16:37

Uma câmera de segurança flagrou o momento em que o secretário de Governo de Nova Odessa e ex-presidente do PT em Americana, Marco Antonio Barion, o Russo, de 52 anos, foi executado.

O crime aconteceu por volta de 7h40, na esquina de um conjunto de prédios no bairro Jardim Marajoara, em Nova Odessa, no cruzamento das ruas Guilherme Klavin e Rua Rute Klavin Grikis. O local era próximo a onde o secretário morava.

Pelas imagens, às quais o LIBERAL teve acesso, é possível observar que um Fiat Uno branco, com rodas sem calotas, espera estacionado sob uma árvore na Rua Rute Klavin.

Quando o carro do secretário faz a curva vindo da Rua Guilherme Klavin e entra onde os assassinos estão, o Fiat Uno deixa o local onde estava estacionado e fecha o veículo de Russo, um Citroën Aircross.

Nesse momento, o atirador sai pela porta do passageiro, se aproxima da janela do carro do secretário e faz os disparos. Enquanto isso, o motorista do Uno já manobra para fugir.

O atirador dispara por diversas vezes a menos de um metro de distância do secretário. Depois, volta para o Uno, que foge no sentido da Avenida Brasil. A ação dura cerca de 20 segundos.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Segundo informações apuradas pelo LIBERAL no local do crime, foram identificados pelo menos 13 disparos contra o carro do secretário.

Investigação

O homicídio do secretário, que motivou diversas manifestações de lideranças políticas, está sob investigação do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais) de Piracicaba, uma divisão especializada em crimes de repercussão.

Segundo o LIBERAL apurou, a polícia já está em posse das imagens que mostram a execução.

Pela manhã, integrantes do departamento e da Polícia Civil local, entre eles o delegado da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Americana, José Donizete de Melo, estiveram no local do crime, além de peritos do Instituto de Criminalística.

A esposa de Russo já foi ouvida na Delegacia de Nova Odessa ainda pela manhã, conforme a reportagem apurou.

Publicidade