26 de fevereiro de 2021 Atualizado 16:10

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Nova Odessa

Vacina em Nova Odessa ‘rende’ 44 doses a mais do que o previsto

Cidade recebeu 1.319 unidades, mas conseguiu utilizar 1.363; manuseio e extração influenciam

Por André Rossi

18 fev 2021 às 20:25

A Prefeitura de Nova Odessa divulgou nesta quinta-feira (18) que conseguiu fazer a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus (Covid-19) “render” 3,3% a mais do que o previsto. Na prática, isso significa um “aproveitamento” de 103,33%.

A cidade recebeu 1.319 doses do imunizante para a primeira aplicação. Entretanto, a equipe da Secretaria de Saúde conseguiu utilizar 1.363 doses.

Campanha para idosos foi suspensa por falta de estoque – Foto: Prefeitura de Nova Odessa / Divulgação

De acordo com a enfermeira e coordenadora de Vigilância Epidemiológica, enfermeira Paula Mestriner, isso foi possível graças a uma combinação de fatores, desde uma quantidade a mais depositada no frasco ao manuseio e extração correta realizada pelas enfermeiras envolvidas.

“Fizemos ‘render’ 44 doses a mais do que o previsto até agora em Nova Odessa. Sem dúvida é um grande resultado, com um aproveitamento acima da quantidade nominal de doses contidas nos frascos. Isso demonstra a qualidade técnica dos profissionais envolvidos na campanha vacinação”, exaltou Paula.

Ainda segundo a coordenadora, existem relatos pelo País em que algumas cidades só conseguem aproveitar nove doses por frasco da CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan. Já em Nova Odessa, todas as 10 doses foram aproveitadas.

“Em alguns momentos, conseguimos extrair 11 doses dos frascos, seja do Butantan ou da [vacina da] FioCruz”, explicou Paula.

Até o momento, 1.363 pessoas receberam a primeira dose na cidade, enquanto 141 profissionais de saúde da linha de frente já foram imunizados com a segunda aplicação.

A campanha da dose inicial foi suspensa nesta quinta-feira por falta de imunizantes. A segunda está em andamento.

Publicidade