Um ano após morte, Câmara de Nova Odessa faz concurso

Serviço de contabilidade é feito pelo filho de servidor que morreu em 2017, já no 2º contrato emergencial


Um ano e três meses após a morte do contador Ademir Casassola, que tinha 25 anos de serviço público, a Câmara de Nova Odessa realiza hoje concurso público para a contratação de um novo profissional. Além dessa vaga, também serão contratados profissionais para os cargos de auxiliar administrativo, assistente administrativo, assessor jurídico e assistente legislativo. O concurso também formara cadastro reserva para as funções de motorista, servente, vigia e recepcionista.

Desde a morte do servidor, a contabilidade do Legislativo é feita, através de um contrato emergencial, pelo filho dele, Alexsando Casassola. Segundo o diretor-geral da Casa, Evandro Coev, ele ofereceu o preço mais baixo pelo serviço nas cotações feitas para a contratação.

“O cargo de contador não pode ser comissionado. Então a mesa diretora não poderia nomear ninguém para a função sem concurso. Nós temos um parecer do Ibam (Instituto Brasileiro de Administração Municipal) que diz que o órgão público não poderia contratar um escritório de contabilidade, então a saída seria contatar um contador como pessoa física”, explicou Coev.

Ainda de acordo com o diretor, foram realizadas cotações em duas oportunidades. “No ano passado, fizemos e três profissionais apresentaram propostas. O Alex pediu R$ 650 por mês e foi contratado por um ano. Esse processo já foi, inclusive, analisado pelo Tribunal de Cotas. Como nesse período não foi possível concluir concurso, fizemos outra cotação. Ele manteve o preço, o mais baixo entre todos, e foi firmado outro contrato de até um ano. Como a previsão é homologar o concurso em agosto, acredito que antes do final do ano já teremos um contador efetivo”, completou o diretor.

CONCURSO
As provas seriam realizadas no dia 27 de maio, mas foram suspensas por ordem da Justiça por conta da escassez de combustível provocada pela greve dos caminhoneiros. Com a normalização do abastecimento, a Vunesp – banca responsável pelo processo seletivo – remarcou a aplicação para hoje.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!