Torcedores do Palmeiras são detidos após roubo em NO

Três torcedores do Santos estavam na Rodovia Anhanguera quando foram interceptados por integrantes da Mancha Verde


Três torcedores do Santos que moram em Nova Odessa foram roubados na manhã deste domingo por membros da torcida organizada Mancha Verde. De acordo com informações da Polícia Militar Rodoviária, três homens confessaram o roubo de bonés, camisas e blusas com referência ao time. Eles foram reconhecidos pelas vítimas, que ainda alegaram terem sido agredidas.

O caso era apresentado à CPJ (Central de Polícia Judiciária) de Americana e até a publicação desta reportagem a SSP (Secretaria de Segurança Pública) não havia confirmado se o trio ficaria preso.

Foto: Polícia Militar Rodoviária/Divulgação
Bonés, camisas e blusas do Santos foram encontradas em banheiro de ônibus de torcedores do Palmeiras

A polícia foi acionada para atender uma ocorrência de agressão envolvendo torcedores no km 119 da Rodovia Anhanguera, em Nova Odessa. Um ônibus com 21 torcedores da Mancha Verde foi localizado na pista e os passageiros abordados. Dentro do banheiro do veículo foram encontradas peças de roupas do time Santos, e três torcedores confessaram que haviam roubado os objetos de três homens que estavam na rodovia.

Os policiais, então, localizaram as vítimas. De acordo com o relato feito à corporação, o grupo de santistas aguardava o transporte para assistir ao jogo deste domingo do Santos contra o Internacional quando um ônibus encostou. Ao menos três homens com camisa do Palmeiras teriam descido e começado a agredir os torcedores.

Dois dos torcedores conseguiram fugir, mas o terceiro possui problemas de saúde e não conseguiu desvencilhar-se. A dupla então retornou e pediu que os agressores parassem. Segundo a polícia, nenhum dos três teve ferimentos graves aparentes, mas um deles apresentava lesões na região da costela.

Foto: Marina Zanaki/O Liberal
Torcedores foram detidos pela Polícia Militar Rodoviária

O grupo Mancha Verde estava retornando de Brasília, onde acompanhou o jogo de Palmeiras e Botafogo neste sábado. No ônibus havia 21 torcedores – 19 homens e 2 mulheres, uma delas menor de idade – e dois motoristas. Os torcedores do Mancha Verde tinham como destino Campinas, cidade onde parte dos torcedores mora; havia ainda residentes de Monte Mor, Mogi Mirim, Indaiatuba e Serra Negra.

Uma advogada foi chamada para acompanhar na delegacia os três suspeitos que confessaram o roubo. Procurada pela reportagem, ela preferiu não comentar alegando que não deve ficar com a defesa dos acusados, orientando a reportagem a entrar em contato com ela novamente na segunda-feira para levantar o contato do advogado que vai cuidar do caso.

O trio pode ser responder por roubo mediante grave ameaça, além de terem desrespeitado o Estatuto do Torcedor (Lei 10671/2003), que prevê a prevenção da violência nos esportes.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora