20 de Maio de 2020 Atualizado 22:14

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Covid-19

Teste identifica coronavírus em funcionária de casa de repouso de Nova Odessa

Morador da instituição morreu na semana passada com coronavírus; funcionária não tem sintomas e está em isolamento

Por Marina Zanaki

13 Maio 2020 às 18:22 • Última atualização 13 Maio 2020 às 21:23

Uma funcionária da casa de repouso de Nova Odessa onde morava o idoso de 76 anos que morreu com o novo coronavírus (Covid-19) testou positivo para a doença.

Ela não apresenta sintomas da Covid-19. A funcionária foi colocada em isolamento domiciliar e está sendo monitorada pela Vigilância Epidemiológica.

A paciente tem 37 anos e mora no Jardim São Jorge. No primeiro teste, realizado na terça (12), o resultado foi considerado inconclusivo.

Contudo, a presença do vírus foi confirmada em outro exame. A funcionária é o 17º caso positivo de Covid-19 na cidade, o quarto registro em três dias.

De acordo com a Secretaria de Saúde, foram realizados 13 testes na casa de repouso – em seis moradoras e em sete funcionários. Com exceção da funcionária já em isolamento, os demais tiveram resultado negativo para o novo coronavírus.

Contudo, a casa de repouso segue em quarentena até o dia 26 de maio. Nesse período, durante a permanência na casa, os funcionários estão orientados a reforçar as medidas de segurança estabelecidas no protocolo que foi estabelecido pela secretaria e compartilhado com os seis estabelecimentos do gênero registrados no município.

Eles devem trocar de roupa antes e depois da jornada de trabalho, redobrar a higiene pessoal e manter os ambientes limpos.

Durante a quarentena, funcionários e moradoras da casa de repouso terão a temperatura aferida constantemente pelas enfermeiras que lá atuam e acompanhamento diário de profissionais da Secretaria de Saúde, que avaliarão o surgimento de eventuais sintomas.

MORTE
O morador da casa de repouso morreu no dia 4 de maio na Unidade Respiratória que funciona na antiga UBS (Unidade Básica de Saúde) do Jardim Alvorada.

O idoso deu entrada na unidade com quadro respiratório grave, precisou ser entubado e sofreu uma parada cardiorrespiratória em seguida. Ele sofria de obesidade, uma comorbidade para coronavírus.

Na casa de repouso, ele vivia em um cômodo isolado. Em outra parte do estabelecimento, moram as outras seis mulheres.

Ele foi a segunda morte por Covid-19 confirmada no município. A primeira ocorreu no início do mês passado. Segundo a Secretaria de Saúde, o paciente tinha 52 anos, morava no Jardim Monte das Oliveiras, era comerciante, diabético e apresentava doença pulmonar.

Dos 17 casos confirmados de coronavírus na cidade, quatro foram registrados esta semana – além da funcionária da casa de repouso, outras três mulheres – de 31, 41 e 73 anos – tiveram a contaminação confirmada entre segunda (11) e terça (12).

O município tem 18 casos negativados, nove em investigação, dez pacientes curados e 53 pacientes com gripe sob monitoramento.

Podcast Além da Capa
A quarentena decretada no Estado de São Paulo para combater a proliferação da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) completa 50 dias nesta semana. Com as restrições impostas, muitas pessoas tiveram a rotina, hábitos e até o convívio familiar alterado. Nesse episódio, o editor Bruno Moreira conversa com o repórter André Rossi, que ouviu moradores da região para entender como a pandemia mudou a dinâmica de suas vidas.