Servidores de Nova Odessa terão 4,11% de reajuste

Índice corresponde à inflação medida pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) nos últimos 12 meses


Os servidores ativos e inativos da Prefeitura de Nova Odessa terão aumento de 4,11% nos salários, retroativo à 1º de março, data-base da categoria. O índice corresponde à inflação medida pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) nos últimos 12 meses.

O LIBERAL quer saber sua opinião sobre o nosso portal. Acesse o questionário online e nos ajude a melhorar. CLIQUE AQUI PARA RESPONDER A PESQUISA.

Já a cesta básica, que é paga em dinheiro, passará dos atuais R$ 460 para R$ 480 – também retroativa à 1º de março (4,34% de aumento) – e, a partir de novembro, será de R$ 485 (5,43% de aumento em relação aos atuais R$ 460).

O benefício da cesta de Natal será de R$ 460, o que representa um reajuste 4,8% em relação aos atuais R$ 438,90. O vale-alimentação pago aos guardas municipais, vigias e agentes de trânsito passará dos atuais R$ 13,13 por dia, para R$ 14,12, o que representa um reajuste 7,61%. Além disso, os valores do auxílio alimentação-viagem serão reajustados pelo índice inflacionário, passando de R$ 38 para R$ 39,56.

Item na pauta apresentada pelo Sindicato dos Servidores Municipais de Nova Odessa, a edição de um PDV (Programa de Demissão Voluntária) será alvo de estudos por parte da administração para verificar a viabilidade. Também a pedido da entidade sindical, a prefeitura estudará a criação de um local apropriado de descanso para os servidores do Paço no horário de almoço. w.d.

 

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora