22 de julho de 2024 Atualizado 22:34

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Nova Odessa

Sem imagens, polícia não encontra donos de cavalos que causaram acidente que matou secretário de Nova Odessa

Caso, que ocorreu em março deste ano e envolveu prefeito, ainda não teve solução

Por Cristiani Azanha

07 de julho de 2024, às 09h01

Toyota Corolla dirigido pelo secretário adjunto ficou bastante danificado; no destaque, Eduardo Mota - Foto: PMNO / Divulgação

Passados três meses do acidente que matou o secretário adjunto de Nova Odessa, Eduardo Luiz da Silva Mota, de 68 anos, a Polícia Civil ainda não conseguiu identificar o dono dos cavalos que causaram a colisão.

O caso ocorreu em março deste ano, na Rodovia dos Bandeirantes (SP-348), em Hortolândia. Mota, que atuava na Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Promoção Social, estava no carro junto com o prefeito Leitinho (PSD), que teve apenas escoriações.

📲 Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

A SSP (Secretaria Estadual da Segurança Pública) informou que o caso está sendo investigado por meio de inquérito policial instaurado pelo 2º Distrito Policial de Hortolândia. “A equipe policial realiza diligência visando a identificação dos donos dos animais. Mais detalhes serão preservados para garantir a autonomia do trabalho policial”, citou a pasta, em nota enviada a questionamento da reportagem.

Em um ofício enviado à Polícia Civil e ao qual o LIBERAL teve acesso, a CCR AutoBAn, concessionária que administra a Bandeirantes, informou que não tem imagens da noite do acidente, já que o sistema de câmeras da rodovia armazena as imagens temporariamente.

O prefeito e o secretário adjunto, que dirigia o veículo oficial da prefeitura, um Toyota Corolla, estavam voltando de São Paulo quando foram surpreendidos por cavalos na pista.

De acordo com a PMR (Polícia Militar Rodoviária), oito cavalos estavam na rodovia e, além do carro da prefeitura, que atingiu um dos animais, um outro automóvel de passeio e mais duas carretas se envolveram no acidente. Dois dos cavalos morreram.

Leitinho e Mota foram socorridos ao HES (Hospital Estadual Sumaré), porém o secretário adjunto não resistiu aos ferimentos.

Na época, o vice-prefeito Mineirinho (PSD) afirmou que no momento do acidente Leitinho estava dormindo com o banco inclinado. O animal, que já tinha sido atropelado, por outros veículos sobre o carro deles. Mota foi atingido na cabeça. O secretário adjunto foi velado no Paço Municipal e sepultado no Cemitério Municipal de Nova Odessa.

Publicidade