08 de agosto de 2020 Atualizado 20:21

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

SAÚDE

Número de atendimentos e testes rápidos de Covid-19 dobra em Nova Odessa

Quantidade de exames saltou de 86 para 187 nas últimas três semanas, segundo levantamento da Secretaria de Saúde

Por Rodrigo Alonso

04 jul 2020 às 08:18 • Última atualização 04 jul 2020 às 08:19

O número de testes rápidos para diagnóstico do novo coronavírus (Covid-19) em Nova Odessa aumentou 117,4% nas últimas três semanas. Nesse mesmo período, o volume de atendimentos na Unidade Respiratória do Jardim Alvorada cresceu 96,2%.

As informações foram divulgadas pela prefeitura nesta sexta-feira (3). Conforme levantamento feito pela Secretaria de Saúde, a quantidade de testes rápidos saltou de 86 para 187.

Unidade Respiratória atendeu 1.962 pessoas desde 23 de abril – Foto: Divulgação / Prefeitura de Nova Odessa

Os exames, que detectam a presença de anticorpos contra a Covid-19, são aplicados em profissionais de saúde, pacientes com quadro grave e integrantes de grupo de risco com sintomas da doença.

Ainda segundo a pasta, desde a abertura da Unidade Respiratória, em 23 de abril, 1.962 pessoas receberam atendimento no local. O espaço dá atenção exclusiva a pacientes com doenças respiratórias e sintomas de gripe ou contaminação por coronavírus.

O recorde diário foi registrado pela prefeitura em 15 de junho, com 81 atendimentos em 24 horas. Na última semana, entre 26 de junho e 3 de julho, 414 pessoas foram atendidas.

O número de internações subiu 64,7%, com um salto de 51 para 84 pacientes em 72 dias de operação da Unidade Respiratória. Até as 15 horas desta sexta, oito pacientes estavam internados no local. Um deles estava entubado.

A manutenção da unidade custa, em média, R$ 370 mil, de acordo com o Executivo. O local funciona 24 horas por dia e possui cinco leitos para estabilização de pacientes, todos com respiradores, e outros 45 para pessoas em observação.

Nova Odessa tem 141 casos confirmados de Covid-19. Do total de infectados, 13 morreram, enquanto outros 35 se curaram. Os dados são da prefeitura.

Além da Capa
Os eleitores brasileiros ainda não sabem em que data irão às urnas neste ano para escolher novos prefeitos e vereadores. Diante dessa indefinição, como se comportam as campanhas em Americana e região nesse momento? Afinal, considerando a data originalmente prevista (4 de outubro), faltam menos de 100 dias para as eleições. Nesse episódio, o editor Bruno Moreira recebe o repórter André Rossi e editor-executivo e chefe de reportagem do LIBERAL, João Colosalle, para discutir o cenário regional.