28 de maio de 2020 Atualizado 20:43

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Covid-19

Nova Odessa tem confirmada a primeira morte por coronavírus

Vítima é um comerciante de 52 anos, que morava no Jardim Monte das Oliveiras e tinha diabetes e doença pulmonar

Por Guilherme Magnin

04 abr 2020 às 11:19 • Última atualização 05 abr 2020 às 08:10

A Prefeitura de Nova Odessa informou na manhã deste sábado (4) que recebeu a confirmação da primeira morte pelo novo coronavírus (Covid-19) na cidade. A vítima é um comerciante de 52 anos, morador do Jardim Monte das Oliveiras.

Clique aqui e se inscreva no nosso canal do Telegram e receba as notícias no seu celular!

Segundo a Vigilância Epidemiológica do município, a morte ocorreu no último sábado (28) e o paciente chegou a procurar atendimento em um hospital particular de Americana. Ele era diabético e tinha também uma doença pulmonar não especificada pelas autoridades.

A família da vítima já cumpre quarentena e está em monitoramento desde o final de semana, ainda de acordo com a nota emitida pela prefeitura.

Neste sábado, em live na página oficial da Prefeitura de Nova Odessa no Facebook, o secretário de Saúde, Vanderlei Cocato, destacou a importância de pessoas que possam ter tido contato com o comerciante notificarem a Vigilância Epidemiológica. Entretanto, não foi divulgada a identidade da vítima e nem qual seria o seu estabelecimento comercial.

De acordo com o secretário, o Jardim Monte das Oliveiras é uma “região que está tendo muitas pessoas em aglomerações em praças, em avenidas, em ruas, que não estão seguindo as recomendações de isolamento social”.

Além deste caso, a prefeitura aguarda o resultado do exame de um idoso de 96 anos, que faleceu no último dia 24 no Hospital Municipal Dr. Acílio Carreon Garcia, após uma crise respiratória. O material para o teste foi recolhido e encaminhado ao Instituto Adolfo Lutz.

Saiba tudo sobre o coronavírus, o que ele provoca e como se prevenir

Na última semana, Nova Odessa viveu um impasse com o anúncio do primeiro caso de coronavírus na cidade, no dia 31 de março, por parte do governo estadual. No entanto, dois dias depois, na quinta-feira (2), o próprio Estado admitiu ter errado na informação, destacando que o município não tinha casos da doença até aquele momento.

Além da Capa, o podcast do LIBERAL

Ao redor do mundo, diversos segmentos têm sido impactados pelos reflexos da pandemia do novo coronavírus. Entre eles, o mercado imobiliário, principalmente pela relação entre locatários e inquilinos, além da própria compra e venda de imóveis. Os direitos de quem está envolvido nesse campo pautam a edição deste sábado do Além da Capa.

{{1}}