23 de maio de 2022 Atualizado 11:01

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Nova Odessa

Nova Odessa faz reajuste de 10% na ‘taxa do lixo’

Segundo a prefeitura, reajuste acompanha a correção anual do IPCA

Por Caio Possati

21 Janeiro 2022, às 08h12

A Prefeitura de Nova Odessa anunciou que a Tarsu (Taxa de Resíduos Sólidos) do município, a chamada “taxa do lixo”, sofrerá um reajuste de 10% este ano. Com a atualização, o valor do imposto cobrado pelos serviços de coleta e destinação do lixo na cidade aumentará de R$ 117 para R$ 128,72 por imóvel.

A cobrança da Tarsu será feita junto do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) em 10 parcelas de R$ 12,87. Em 2021, os contribuintes pagaram R$ 11,70 de mensalidade pela taxa.

De acordo com a Secretaria de Finanças de Nova Odessa, o reajuste acompanha a correção anual do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), que é o termômetro da inflação no Brasil. No ano passado, o IPCA acumulado foi de 10,06%.

Ainda de acordo com a prefeitura, o valor de R$ 128,72 é o mesmo para todos os imóveis, não havendo diferenciação socioeconômica ou desconto para os moradores de baixa renda.

Congelamento

Na última quarta, o prefeito Leitinho (PSD) oficializou o congelamento do IPTU no município para 2022 ao assinar um decreto (nº 4.516) que determinou o não reajuste da tabela de Valor Venal de Nova Odessa. Um projeto de lei complementar (3.417/2021), que permitia o congelamento do imposto, já havia sido sancionado pelo prefeito em julho do ano passado.

Publicidade