Nova Odessa decreta situação de emergência e cancela consultas e exames

Ficam suspensos alvarás de funcionamento para estabelecimentos de entretenimento, que promovem alta concentração e circulação de pessoas


A Prefeitura de Nova Odessa publica nesta sexta-feira (20) um decreto que declara a situação de emergência no município, em razão da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A cidade investiga dois casos suspeitos.

Foto: Talita Bristotti - O Liberal
Vanderlei Cocato afirmou que o momento é de ter calma e prudência, ao anunciar medidas de combate ao coronavírus

Dentre as determinações estão o cancelamento dos agendamentos feitos nas UBS’s (unidades básicas de saúde) e no Ambulatório de Especialidades Médicas. Além de ortopedistas, ginecologistas, dermatologistas e urologistas, a decisão também atinge psicólogos, fonoaudiólogos e o Setor de Fisioterapia.

O decreto prevê ainda a realização compulsória de exames, coletas, vacinações e outras medidas médicas e laboratoriais, suspensão de atividades em academias públicas e privadas e também suspensão de aulas do sistema municipal de ensino, que já havia sido divulgada anteriormente.

Também ficam suspensas a validade de alvarás de funcionamento para estabelecimentos de entretenimento, que promovem alta concentração e circulação de pessoas, e a expedição de novos alvarás.

As secretarias de Desenvolvimento Econômico, de Esportes e Lazer, Cultura e Turismo também recomendam que o setor privado de entretenimento mantenham os estabelecimentos fechados temporariamente.

O secretário de Saúde, Vanderlei Cocato, se pronunciou. “É o momento de ter calma e prudência”, ressaltou, informando ainda que as medidas visam prevenir não só os moradores de Nova Odessa, mas também todos os profissionais do sistema de saúde, seguindo as determinações do Ministério de Saúde e do Governo do Estado de São Paulo.

Casos suspeitos

O primeiro foi registrado na última segunda-feira (16) e envolve uma mulher de 32 anos, que voltou de viagem à Alemanha. O segundo foi divulgado nesta quinta-feira (19), mas a prefeitura ainda não informou o sexo e idade da pessoa ou em qual circunstância ela teria se tornado um caso suspeito da doença.

Segundo a pasta, o paciente está sendo monitorado pela Vigilância Epidemiológica. A secretaria aguarda resultado do exame que vai apontar se houve contaminação.

Além da Capa, o podcast do LIBERAL

A edição de número #27 do podcast ‘Além da Capa’ traz a experiência de ex-moradores de Americana que hoje vivem em países onde o novo coronavírus já se alastrou de maneira mais ampla, revelando um pouco mais sobre este problema em crescimento no Brasil. Ouça:

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora