Justiça dá 20 dias para clínica de repouso se regularizar

1ª Vara de Nova Odessa deu um prazo de 20 dias para que a Instituição El Shaday Centro de Acolhimento ao Idoso realize as adequações apontadas pelo MP


A 1ª Vara de Nova Odessa deu um prazo de 20 dias para que a Instituição El Shaday Centro de Acolhimento ao Idoso realize as adequações apontadas pelo Ministério Público, autor de uma ação para que a empresa suspendesse o funcionamento.

Foto: Reprodução - Google Street View.JPG
Justiça de Nova Odessa determinou que clínica faça adequações

Em audiência de conciliação entre as partes na última sexta-feira, representantes do centro de acolhimento pediram o prazo de 20 dias. A solicitação foi aceita e o processo ficará suspenso durante o período.

“Já havíamos solicitado esse prazo lá na Vigilância Sanitária. Esses 20 dias não dependem só da El Shaday. Dependem da Vigilância ir até o endereço e fazer a vistoria”, disse o advogado da clínica, Marlon Bartolomei.

Em 24 de maio, o MP pediu a interdição do local porque teria identificado, durante inspeção programada com o Conselho Tutelar e a Guarda Municipal, que o centro mudou de endereço sem informar as autoridades.

Dentre as irregularidades apontadas, estão contratos com profissionais em desconformidade, número insuficiente de trabalhadores para atendimento, camas com parafusos soltos, colchões danificados, odor de urina nos quartos e fiações expostas. O espaço atende 19 idosos, de acordo com o advogado.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora