Exoneradas, ex-assessoras são vistas ‘trabalhando’

Grupo de 53 comissionados de Nova Odessa foi demitido por decisão do Tribunal de Justiça do Estado


Dois dias após serem exoneradas por ordem do prefeito Benjamim Bill Vieira de Souza (PSDB), de Nova Odessa, duas ex-assessoras da prefeitura foram vistas prestando serviço no CTVP (Centro de Treinamento e Valorização Profissional). Em nota, a administração afirmou que o gesto foi “espontâneo”.

Ambas fazem parte de um grupo de 53 ocupantes de cargos de confiança que foram demitidos por decisão do Tribunal de Justiça do Estado. A Corte considerou, em fevereiro, que a lei que criou os postos era inconstitucional e deu 120 dias para que o município regularizasse a situação.

Por meio de sua assessoria de imprensa, a Prefeitura de Nova Odessa afirmou que as ex-assessoras “prestaram esclarecimentos” a alguns moradores que estavam com dúvidas.

“As duas servidoras em questão, diante dos prejuízos causados ao atendimento na Central da Saúde, compareceram espontaneamente e auxiliaram prestando alguns esclarecimentos para moradores com dúvidas, isso apenas na sexta-feira, mesmo dia em que a Secretaria de Saúde tomou a decisão de suspender o bloqueio para os pacientes sem cartão até o dia 16 de agosto”, justifica o texto encaminhado ao LIBERAL pela prefeitura.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora