27 de novembro de 2020 Atualizado 15:45

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Jardim Santa Rosa

Enxame de abelhas que atacou família em Nova Odessa estava em caixa de som

Idoso e criança receberam alta; mulher de 60 anos segue no Hospital das Clínicas, mas não corre risco

Por Heitor Carvalho

14 out 2020 às 16:36 • Última atualização 15 out 2020 às 01:36

As abelhas que atacaram dois idosos e uma criança no Jardim Santa Rosa, em Nova Odessa, durante a tarde de terça-feira (13) estavam alojadas em uma caixa de som velha, de acordo com a Defesa Civil.

As abelhas foram removidas de uma área externa do terreno, nos fundos do imóvel, e os insetos foram soltos em uma área de mata do município, distante do perímetro urbano. A residência foi liberada pela Defesa Civil no início da noite de terça.

Abelhas foram retiradas e o imóvel foi liberado pelas autoridades na na noite de terça – Foto: Marcelo Rocha / O Liberal

Além do idoso, de 63 anos, sua irmã de 60 anos e o neto dela, de 7, também foram atacados na casa. As abelhas eram da espécie europeia africanizada.

“Apuramos que o senhor estava capinando o quintal quando foi atacado. Em período de produção de mel, as abelhas ficam mais agressivas, sensíveis a movimentações e podem atacar quem estiver próximo”, afirmou o coordenador da Defesa Civil, Vanderlei Wilians Vanag.

O homem e o garoto passaram a noite no Hospital e Maternidade Municipal ‘Dr. Acílio Carreon Garcia’ e receberam alta na manhã desta quarta-feira (14).

A mulher seguia, nesta manhã, sob cuidados no HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp, em Campinas, mas não corria risco de morte.

Caso descubra uma colmeia ou enxame em casa, não mexa com as abelhas, não se aproxime, evite fazer barulho no local e acione imediatamente os órgãos competentes do seu município, como a Defesa Civil ou Centro de Zoonoses.

Publicidade