Em NO, multa em faixa exclusiva só valerá com Corredor pronto

Postura vai na contramão de Americana e Santa Bárbara d’Oeste, que já têm autuado motoristas


A Prefeitura de Nova Odessa informou que só vai fiscalizar a invasão de faixas exclusivas de ônibus na Avenida Ampélio Gazzetta quando o Corredor Metropolitano estiver pronto e com todas as linhas em operação. A postura vai na contramão do que tem acontecido em Americana e Santa Bárbara d’Oeste, onde os agentes de trânsito já têm autuado motoristas e motociclistas que trafegam nas faixas reservadas ao transporte público.

A crítica de muita gente é que praticamente não passam ônibus por alguns desses pontos, já que o Corredor Metropolitano não está totalmente concluído. Trafegar na faixa exclusiva é infração gravíssima, gera multa de R$ 293,47, sete pontos na carteira e sujeita o motorista à apreensão do veículo.

Foto: Marcelo Rocha / O Liberal
Invasão de faixas exclusivas de ônibus na Av. Ampélio Gazzetta é frequente, como flagrou o LIBERAL

A Prefeitura de Nova Odessa informou que tem acompanhado o trânsito na avenida e que não há problemas justamente por causa do intervalo entre um ônibus e outro. O LIBERAL foi ao local no fim da tarde desta quarta-feira. Muitos veículos usam o espaço do transporte coletivo como uma terceira faixa. Em cerca de 20 minutos, a reportagem não viu nenhum ônibus.

Na Avenida Europa, trajeto do corredor em Americana, por exemplo, apenas uma linha metropolitana (entre o terminal de Americana e o Rodoterminal de Santa Bárbara) trafega diariamente, segundo a EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos). São quatro veículos, com 56 partidas diárias em cada sentido. Ou seja, 112 vezes por dia um ônibus metropolitano passa pela Avenida Europa.

Em dez minutos, é possível contar mais carros e motos do que isso na via. O número de multas na via não foi informado pela prefeitura. Na Avenida São Paulo, pela qual o corredor passa em Santa Bárbara, cerca de 60 multas foram emitidas desde abril, segundo a prefeitura.

O lote 3 do Corredor é uma obra do Estado que prevê a integração entre as três cidades. Faltam algumas obras em Santa Bárbara e Nova Odessa para que esteja totalmente concluído – a previsão é entregá-las em dezembro. A EMTU diz que o incremento de linhas nas faixas exclusivas vai ser avaliado quando as obras estiverem prontas.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!