06 de julho de 2020 Atualizado 20:11

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Nova Odessa

Chuva dá trégua e nível do Ribeirão Quilombo baixa em Nova Odessa

A prefeitura diz que as chuvas do último domingo tiveram o maior volume registrado no ano em um único dia

Por Leonardo Oliveira

14 jan 2020 às 13:46 • Última atualização 14 jan 2020 às 13:54

O nível do Ribeirão Quilombo baixou dois metros em 14 horas e a região dos bairros Fadel Flórida e São Jorge, em Nova Odessa, não está mais com as ruas alagadas. As chuvas do último domingo provocaram cheias no local e o nível do ribeirão foi elevado em cerca de 2,5 metros.

Com o novo cenário, a Defesa Civil do município diz que o estado atual é de observação, não mais de alerta.

Receba as notícias do LIBERAL pelo WhatsApp. Clique aqui e envie uma mensagem para ser adicionado na lista de transmissão!

Foto: Prefeitura de Nova Odessa/O Liberal
Nível do rio baixou dois metros em 14 horas em Nova Odessa

Embora tenha sido divulgado pela prefeitura um comunicado colocando a cidade em estado de atenção, a Defesa Civil do Estado informou ao LIBERAL que nesta segunda-feira somente dois municípios da RPT (Região do Polo Têxtil) estavam em alerta: Americana e Hortolândia.

O fluxo do rio é monitorado a cada hora pelo município – a informação é de que as precipitações do domingo acumularam 57,5 mm.

“Não choveu na região nas últimas 24 horas e, com isso, saímos do alerta entramos em estado de observação. Isso significa que não há risco de enchente nesse momento e as famílias que moram nas regiões ribeirinhas da cidade podem ficar tranquilas”, afirmou o coordenador da Defesa Civil do município, Paulo Bichof.

Ouça o “Além da Capa”, um podcast do LIBERAL

A prefeitura diz que as chuvas do último domingo tiveram o maior volume registrado no ano em um único dia. Nos 13 primeiros dias de 2020, choveu 147,8 milímetros, o equivalente a 75% dos 197,1 mm acumulados em janeiro de 2019, segundo a administração.