Cadela que estava desaparecida é encontrada em Nova Odessa

Família registrou um boletim de ocorrência na quarta-feira; Maya foi achada no mesmo dia e entregue ao canil


Foto: Divulgação
Tecelã afirma que seu esposo e filho estão aliviados pela cadela ter sido encontrada

A cadela Maya, que desapareceu na quarta-feira (08) no bairro Parque Triunfo, em Nova Odessa, foi encontrada e devolvida nesta sexta-feira (10). A proprietária da cocker spaniel acredita que ela tenha sido furtada de dentro de casa e posteriormente abandonada devido a idade, já que ela tem 12 anos.

Um boletim de ocorrência foi registrado no delegacia de Nova Odessa como furto a residência consumado. O caso ocorreu na madrugada de quarta (08) e a suspeita da família é de que alguém teria pulado o muro da casa e fugido com o animal. Não havia sinais de arrombamento ou avarias.

A cadela foi localizada no bairro Terra Nova, próxima ao Parque Triunfo, por uma funcionária do abrigo da AAANO (Associação Amigos dos Animais de Nova Odessa). Não havia sinais de violência.

“Ouviu um barulho de cachorros na rua tarde da noite e foi ver o que estava acontecendo quando viu a cocker desesperada, super assustada, tentando entrar nos quintais pelos portões dos vizinhos. Como não era de ninguém ali próximo, ela ficou com dó e levou para o abrigo”, explicou diretora social da associação, Larissa Frias.

Depois de verem postagens sobre o furto da cachorra e a rua em que teria ocorrido, a mesma funcionária do abrigo bateu de porta em porta até encontrar a casa de Maya. A dona da cadela, a tecelã Silvana Cristina Nascimento, 45, foi até o abrigo nesta sexta e confirmou que realmente era sua cachorra.

A tecelã afirma que seu esposo e filho estão aliviados pela cadela ter sido encontrada. Ela acredita que Maya possa ter sido abandonada após o suposto furto.

“Pegar e tirar a cachorra de dentro de casa e ver depois que a cachorra é meio ‘veinha’, e simplesmente descartar como se fosse um nada. É o que fizeram com ela. Quem pegou pensou que ia dar pra colocar cruzar com alguém, porque ela é de raça”, comentou Silvana.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!