Alunos visitam estações de água e esgoto

Estações de tratamento de água da Coden vão receber visitas de cerca de 800 alunos a partir desta quarta-feira, em projeto de educação ambiental


As estações de tratamento de água (ETA) e esgoto (ETE) da Coden (Companhia de Desenvolvimento de Nova Odessa) vão se transformar em salas de aula a partir desta quarta-feira (10). Até 7 de junho, aproximadamente 800 alunos da rede municipal de ensino visitarão as unidades para conhecer os processos de produção da água que chega diariamente às suas casas e de tratamento de todo esgoto gerado no município.

Foto: Prefeitura de Nova Odessa / Divulgação
Visitas de alunos começam nesta quarta e seguem até o dia 7 de junho nas estações da Coden

As visitas, monitoradas por professores e técnicos da companhia, fazem parte do Programa de Educação Ambiental desenvolvido pela Prefeitura de Nova Odessa, por meio das secretarias de Educação e de Meio Ambiente, sob coordenação do IEC (Informação, Educação e Comunicação), projeto criado pela administração para integrar as pastas em ações de educação e conscientização dos estudantes das escolas municipais. Estudantes de 24 turmas do 5º ano do Ensino Fundamental, matriculados em 11 escolas, participarão das atividades que ocorrerão em dois períodos: manhã e tarde.

De acordo com a coordenadora o IEC, Meria Brito de Jesus, as aulas externas servem para complementar o trabalho realizado em sala. “Quando entendem como a água que usam todos os dias é produzida e o que acontece com o esgoto que produzem, os alunos começa a interiorizar a importância de economizar e usar a água de forma sustentável. Por isso, essas visitas têm papel fundamental na formação deles”, afirmou a professora

Para a secretária de Educação, Claudicir Brazilino Picolo, é papel da escola abordar o tema com profundidade para que, no futuro, todos tenham direito de desfrutar de um ambiente saudável e sustentável. “Chegamos a um ponto insustentável e precisamos formar uma nova geração mais consciente. A inserção dos alunos nos processos de tratamento os torna parte deles, gerando o comprometimento necessário para que mudemos a cultura de desperdício e indiferença que temos hoje”, avaliou a secretária.

As informações são da Diretoria de Comunicação da Prefeitura de Nova Odessa.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!