Morre vítima de incêndio em tapeçaria

Ailson Mariano Pereira, de 38 anos, não resistiu aos ferimentos do incêndio em uma tapeçaria no São Vito, em Americana


Após ficar um dia internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi, em Americana, o tapeceiro Ailson Mariano Pereira, de 38 anos, não resistiu aos ferimentos decorridos de um incêndio e acabou falecendo na manhã deste domingo (18). Mariano foi vítima de um incêndio que atingiu <a href="http://liberal.com.br/noticia/7BA5D917880-incendio_em_tapecaria_deixa_1_ferido" OutraJanela="sim"]uma tapeçaria no bairro São Vito na madrugada de sábado.

De acordo com o boletim de ocorrência, o tapeceiro inalou muita fumaça e estava muito queimado. Vizinhos do estabelecimento acionaram o Corpo de Bombeiros e afirmaram para a polícia que era possível escutar o pedido de socorro da vítima.

Ao LIBERAL, uma vizinha informou que pela manhã, o estado de saúde do tapeceiro era frágil. “Ele ainda se encontrava em estado grave, usando sonda, frauda… Ele estava enfaixado e com os batimentos cardíacos muito fraco, com a pressão caindo”, relatou. No final da manhã, após a morte da vítima ser confirmada, vizinhos prestaram uma homenagem a Ailson Mariano, estampando uma faixa no portão da tapeçaria.

Natural de Marilena, no Paraná, Ailson Mariano não tinha parentes na cidade. Ele será enterrado na segunda-feira, a tarde, no Cemitério Municipal em Angélica, no Mato Grosso do Sul.

A perícia foi acionada e vistoriou o imóvel na manhã de sábado. As causas do incêndio serão investigadas pelo 3º Distrito Policial de Americana.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora