Lixo e entulho geram críticas em dois bairros de Americana

Acúmulo de entulho e lixo nos bairros Jaguari e Jardim Alvorada vem causando transtornos a moradores e comerciantes


O acúmulo de entulho e lixo em terrenos nos bairros Jaguari e Jardim Alvorada, em Americana, vem causando transtornos a moradores e comerciantes nos últimos meses.

No Jaguari, a personal trainner Nayara Torre, de 27 anos, reclama que, no canteiro central da Avenida do Compositor, é comum o despejo de entulho de vários tipos.

Foto: Dener Chimeli / O Liberal
Acúmulo de lixo no canteiro central da Avenida do Compositor, no bairro Jaguari
Além de mato alto, restos materiais de construção, móveis e outros objetos, que podem promover o surgimento de animais como escorpiões e baratas, o mau cheiro é outro ponto que vem incomodando.

“Acho que o mato influencia muito, mas o problema maior é o mau cheiro. Nós já pagamos duas vezes para limpar essa área e, alguns dias depois, já estava tudo sujo de novo. A prefeitura alega que o espaço é da CPFL (Companhia Paulista de Força e Luz) e que não pode fazer nada além de cortar o mato”, lamentou Nayara, que lembrou que o espaço acabou perdendo utilidade para lazer, justamente em função da sujeira.

“As crianças jogavam bola e soltavam pipa ali, por exemplo, mas agora não vemos mais essas coisas. Tentamos conversar com alguns vizinhos para fazer um mutirão, dividir os custos da limpeza, mas não houve boa adesão”, contou.

No final Rua do Sol, no Jardim Alvorada, a comerciária Maria Ermelinda Duran, de 59 anos, afirma que a quantidade de lixo e entulho ali despejados está quase fechando a rua. O cheiro ruim e até mesmo o risco de dengue, já que ali foram deixados pneus recentemente, também causam grande insatisfação.

“Está praticamente fechando a rua naquele ponto e jogam de tudo ali, principalmente resto de comida, de móveis e pneus velhos. Já houve até acidente e ninguém faz nada. Não sei o que estão esperando”, desabafou.

Questionada pela reportagem do LIBERAL, a Prefeitura de Americana, através da assessoria, afirmou que equipes da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos vão fiscalizar as áreas em questão nos próximos dias e, caso sejam áreas públicas, devem promover a limpeza. Caso sejam áreas particulares, a administração pretende notificar os responsáveis sobre o assunto.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora