Hortolândia passa a contar com radar no dia 20

Fiscalização eletrônica de velocidade será instalada em 38 pontos da cidade, em dez vias, com limite de velocidade estipulado em 50 km/h


A partir do dia 20 de janeiro de 2019, os radares controladores de velocidade entram em operação em Hortolândia. De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana, a velocidade máxima permitida será de 50 km/h. A necessidade de implantação de radares foi constatada pela prefeitura após estudo que apontou alto índice de acidentes com mortes no trânsito da cidade.

Ao todo serão 38 pontos de radares em funcionamento, em dez vias da cidade:

– Avenida da Emancipação
– Avenida Olívio Franceschini
– Avenida Santana
– Avenida São Francisco de Assis
– Avenida Thereza Ana Cecon Breda
– Avenida Brasil (Jd. Amanda)
– Estrada Municipal Sabina Batista de Camargo (Estrada da Granja)
– Rua Augusto dos Anjos (Jd. Amanda)
– Rua Luiz Camilo de Camargo (principal rua do comércio)
– Rua Otaviano de Figueiredo Breda (bairro Adventista Campineiro)

Foto: Prefeitura de Hortolândia / Divulgação
Radares passam a multar no dia 20 em Hortolândia

Para serem instalados e passar a operar, os radares já receberam aferição do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia).

Estudo

Em parceria com a Polícia Militar, a Administração realizou um estudo contínuo dos acidentes de trânsito registrados na cidade. Dados de janeiro a julho deste ano apontam que os acidentes com morte não apresentaram queda, se comparados ao mesmo período do ano passado: em 2017, foram 18 mortes; em 2018, foram 17 no mesmo período.

Durante o período de teste dos aparelhos, realizado entre agosto e setembro deste ano, Hortolândia não registrou mortes por acidentes de trânsito nas vias da cidade. No período de teste de radares, foram monitoradas as velocidades de 115.208 veículos que trafegaram nas avenidas Ana Thereza Cecon Breda, na Vila Real, e Olívio Franceschini.

Deste total, 4.757 veículos foram flagrados acima da velocidade permitida. Parte deles, em velocidade de até 119 km/h, segundo balanço divulgado pela Secretaria de Mobilidade Urbana.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora