Sindicância que apura queda de bebê será concluída em 30 de novembro

Prefeitura de Hortolândia abriu sindicância para investigar a queda de recém-nascido no Hospital Municipal Mário Covas, no final de outubro


Foto: Arquivo Pessoal
Na ocasião, o bebê Lorenzo tinha apenas dois dias de vida

A sindicância que vai apurar a queda de um recém-nascido no Hospital Municipal Mario Covas, em Hortolândia, será concluída no dia 30 de novembro. A investigação vai apurar o acidente que provocou uma fratura no crânio da criança.

Receba as notícias do LIBERAL pelo WhatsApp

Segundo informações da prefeitura, a investigação foi aberta no dia 31 de outubro e tem um mês para ser concluída. Informações sobre pessoas envolvidas e perícias realizadas só serão divulgadas após esse período.

O acidente foi no dia 30 de outubro. Na ocasião, o bebê Lorenzo tinha apenas dois dias de vida. Ele estava em um berço de acrílico enquanto a mãe realizava a troca de fraldas. O equipamento virou e a criança caiu, fraturando o crânio.

Ouça o “Além da Capa”, um podcast do LIBERAL

A família gravou vídeos mostrando que a trava do equipamento estava solta. Após a divulgação das imagens, a prefeitura afirmou que qualquer informação dada naquele momento tratava-se de “suposições”, mas que “devem ser investigadas”.

A criança foi encaminhada para o Hospital Estadual de Sumaré, onde foi internada para ficar em observação. O menino teve alta no dia 1° de novembro.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora