Mulher ameaça policial de morte e acaba detida em Hortolândia

Suspeita teria gesticulado em direção à viatura da Polícia Militar, xingou os agentes e os chamou de "corruptos"


Uma mulher foi detida depois de ofender policiais militares na noite deste domingo (16), no Jardim Amanda II, em Hortolândia. Ela gesticulou em direção à viatura, tentou resistir a prisão e disse que mataria os agentes de segurança.

Receba as notícias do LIBERAL pelo WhatsApp. Envie uma mensagem para ser adicionado na lista de transmissão!

As informações são da PM (Polícia Militar), que atendeu a ocorrência. O crime aconteceu as 23h42, na esquina da Avenida Brasil com a Rua Vinicius de Moraes. Três mulheres, uma delas trans, estavam em um estacionamento conhecido como ponto de tráfico de drogas.

Uma das mulheres gesticulou em direção à viatura. Ao receber ordem de parada, o trio saiu correndo, mas a suspeita de ofender os policiais acabou detida. Segundo a PM, ela ficou “nervosa” e “agressiva”, e precisou ser algemada.

Ela chamou os policiais de corruptos, os xingou, dizendo “vocês tem que morrer, isso não vai ficar assim porque eu vou cobrar, vou matar todos vocês”, ainda de acordo com boletim da corporação.

Um boletim de ocorrência foi registrado como desobediência e a indiciada foi levada até a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Jardim Amanda II, onde passou por atendimento médico e depois liberada.

Além da Capa, o podcast do LIBERAL

A trajetória do impasse em torno da lei municipal de incentivo ao esporte em Americana é o assunto desta edição do Além da Capa. Ouça:

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora