Hospital Mario Covas começa a realizar Teste da Orelhinha

Teste é importante para verificar se o bebê tem algum problema auditivo; teste é indolor, não tem contraindicações e dura 10 minutos


Foto: Reginaldo Prado - Prefeitura de Hortolândia
O teste é importante para verificar se ela tem algum tipo de problema auditivo

Mamães que acabaram de dar a luz agora já podem ir para casa mais tranquilas sobre a saúde dos seus bebês. A Prefeitura de Hortolândia passa a oferecer, a partir desta segunda-feira (06), para mulheres que estejam internadas na maternidade do Hospital Mario Covas, o teste da orelhinha para seus recém-nascidos. De acordo com a Secretaria de Saúde, em março deste ano nasceram 172 crianças no hospital. A média registrada no hospital é de 120 bebês por mês.

A secretária de Saúde, Odete Carmem Gialdi, explica que o teste gratuito consiste na colocação de um fone no ouvido do bebê. O fone, que está acoplado a um computador, emite sons de fraca intensidade e recolhe as respostas produzidas pela orelha interna da criança. O teste é importante para verificar se ela tem algum tipo de problema auditivo.

A secretária ressalta que o teste é indolor, não tem contraindicações e dura 10 minutos. “O exame é uma estratégia importante para garantir o cuidado no monitoramento auditivo dos recém-nascidos”, salienta Odete.

Ao oferecer o teste no Hospital Mario Covas, a Prefeitura também proporciona conforto para as mulheres. Anteriormente, o teste era realizado no CIER (Centro Integrado de Educação e Reabilitação) “Romildo Pardini”, localizado no Jardim Santo André, após a mamãe e o bebê terem deixado o hospital.

Além do Teste da Orelhinha, o Hospital Mario Covas realiza outros exames importantes para avaliar a saúde do recém-nascido, que são os Testes do Pezinho, do Olhinho e do Coraçãozinho. Odete afirma que todos estes exames são garantidos pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

Com informações da assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Hortolândia.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora