Hortolândia vai tentar levar moradores de rua a abrigo

Três equipes com assistente social e psicólogo vão buscar pessoas em situação vulnerável para oferecer acolhimento provisório


A Prefeitura de Hortolândia deu início nesta quarta-feira a uma ação para atender moradores de rua durante o inverno. Segundo a administração, três equipes com assistente social e psicólogo vão buscar pessoas em situação vulnerável para oferecer acolhimento provisório.

Um levantamento feito pela Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social apontou que há cerca de 30 pessoas em situação de rua em regiões diversas da cidade, como Centro, Jardim Amanda e Jardim Rosolen.

O acolhimento de quem aceitar o serviço voluntário será feito, por enquanto, no Instituto Esperançar, entidade parceira da prefeitura.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora