01 de julho de 2020 Atualizado 23:15

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Covid-19

Hortolândia tem mais duas mortes por coronavírus

RPT tem 45 mortes por Covid-19; além das 18 de Hortolândia, há 12 mortes em Sumaré, nove em Americana, quatro em Santa Bárbara e duas em Nova Odessa

Por Marina Zanaki

05 jun 2020 às 21:10 • Última atualização 06 jun 2020 às 11:41

A Prefeitura de Hortolândia informou na noite desta sexta-feira (5) mais duas mortes provocadas pelo novo coronavírus (Covid-19). O número de mortos na cidade chega a 18, a maior mortalidade na RPT (Região do Polo Têxtil).

Um dos pacientes era um homem de 80 anos, que morreu no dia 1° de junho. Ele procurou atendimento na Unidade Respiratória Nova Hortolândia no dia 26 de maio, mas precisou ser transferido para o Hospital Estadual Sumaré.

A outra paciente era uma mulher de 59 anos, que estava internada na Unidade Respiratória Nova Hortolândia. Ela foi internada em 27 de maio e morreu no mesmo dia.

As mortes foram divulgadas apenas nesta sexta, quando o município recebeu o resultado positivo para coronavírus.

Segundo a prefeitura, os dois pacientes sofriam de outras comorbidades.

A RPT (Região do Polo Têxtil) tem 45 mortes provocadas por coronavírus. Além dos 18 casos em Hortolândia, há 12 mortes em Sumaré, nove em Americana, quatro em Santa Bárbara d’Oeste e duas em Nova Odessa.

Podcast Além da Capa
O novo coronavírus representa um desafio para a estrutura de saúde de Americana, assim como outros municípios da RPT (Região do Polo Têxtil), mas não é o primeiro a ser encarado. H1N1, dengue, malária, febre maculosa. Outras doenças também modificaram rotinas, exigiram cuidados além do trivial – ainda que não tenha havido quarentena, como agora – e servem de experiência para traçar paralelos com o atual cenário. Nesse episódio, o editor Bruno Moreira conversa com a repórter Marina Zanaki, que assina uma série de reportagens sobre outras epidemias em Americana.