07 de julho de 2020 Atualizado 21:53

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Hortolândia

Hortolândia registra 15ª morte por coronavírus

Paciente tinha 72 anos e estava internada no Hospital Estadual de Sumaré desde o dia 11 de maio

Por Marina Zanaki

02 jun 2020 às 19:53 • Última atualização 02 jun 2020 às 21:55

Paciente estava internada no Hospital Estadual Sumaré, onde morreu no dia 22 de junho - Foto: Divulgação - HES

A Prefeitura de Hortolândia informou, na noite desta terça-feira (2), a 15ª morte por coronavírus. A paciente era uma mulher de 72 anos que morreu na segunda-feira (1°). Hortolândia é a cidade que concentra maior número de mortes pela doença na RPT (Região do Polo Têxtil).

De acordo com a prefeitura, a paciente que morreu estava internada no Hospital Estadual de Sumaré desde o dia 11 de maio. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, ela tinha outras comorbidades.

Hortolândia registrou 160 pessoas que se infectaram com coronavírus, das quais 130 estão curadas, oito cumprem isolamento domiciliar, 15 morreram, cinco estão internadas na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e duas em leitos de enfermaria.

Podcast Além da Capa
O novo coronavírus representa um desafio para a estrutura de saúde de Americana, assim como outros municípios da RPT (Região do Polo Têxtil), mas não é o primeiro a ser encarado. H1N1, dengue, malária, febre maculosa. Outras doenças também modificaram rotinas, exigiram cuidados além do trivial – ainda que não tenha havido quarentena, como agora – e servem de experiência para traçar paralelos com o atual cenário. Nesse episódio, o editor Bruno Moreira conversa com a repórter Marina Zanaki, que assina uma série de reportagens sobre outras epidemias em Americana.