01 de dezembro de 2020 Atualizado 13:39

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Fake

Hortolândia desmente notícia falsa sobre fechamento de comércio

Segundo nota divulgada pelo Executivo, os números da doença estão “estabilizados” e não há sinal de aumento dos contaminados

Por Marina Zanaki

17 nov 2020 às 17:49

Cuidados para evitar o avanço da pandemia seguem necessários - Foto: Prefeitura de Hortolândia/Divulgação

A Prefeitura de Hortolândia desmentiu uma notícia falsa que tem circulado na cidade sobre o fechamento do comércio em função da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Segundo nota divulgada pelo Executivo à imprensa, os números da doença na cidade estão “estabilizados” e não há sinal de aumento dos contaminados.

“A Prefeitura de Hortolândia informa que uma das prioridades da Administração Municipal é a retomada econômica e o fortalecimento dos empresários locais. Por isso, reitera que são falsos os boatos sobre fechamento do comércio”, esclareceu a administração municipal.

A prefeitura ressalvou que, apesar da região estar na Fase Verde do Plano São Paulo, o vírus ainda está em circulação. Por isso, os cuidados para evitar o avanço da pandemia são necessários, como uso de máscaras, respeitar os protocolos sanitários, evitar aglomerações e proteger os grupos de risco para a doença.

“Temos uma estrutura reforçada para combater a pandemia, com a Unidade Respiratória do Nova Hortolândia, os leitos de UTI no Hospital Mário Covas, os túneis de descontaminação nas unidades de pronto atendimento. Também realizamos periodicamente ações para prevenção da doença”, destacou a administração municipal.

BOLETIM
Hortolândia contabiliza 160 vítimas da pandemia. A morte mais recente informada pela prefeitura foi de uma mulher de 85 anos que morreu no dia 6 de novembro. O caso consta no boletim de sexta-feira (13).

A idosa foi internada na Unidade Respiratória do Nova Hortolândia no dia 4 de novembro e transferida para o Hospital de Espírito Santo do Pinhal em 6 de novembro, mesmo dia em que veio a óbito. Ela tinha outras comorbidades, segundo a prefeitura.

No total, 4.865 pessoas já contraíram a doença na cidade, das quais 4.690 estão curadas. Entre os casos ativos, nove cumprem isolamento em casa e seis estão internadas.

Há ainda outros 433 casos suspeitos aguardando resultados de exames de Covid, dos quais 15 estão internados.

Publicidade