Hortolândia decreta Estado de Emergência

Decreto possibilita compras emergenciais sem abertura de licitação; Defesa Civil registrou, desde a quinta-feira, 277 mm de chuva


A Prefeitura de Hortolândia publicou, na tarde deste sábado, Decreto de Estado de Emergência por causa do volume excessivo de chuva que atingiu a cidade nas últimas 48h. A Defesa Civil registrou, desde a quinta-feira (03/01), 277 mm de chuva. Em todo o mês de janeiro de 2018, choveu 207 mm. Diversas áreas da cidade foram afetadas. Não há famílias desabrigadas, por não ter havido desabamento de casas. Dez famílias do bairro Recanto do Sol que tiveram suas casas atingidas pela chuva foram para a casa de parentes. Neste caso, elas são consideradas desalojadas.

Foto: Divulgação
Choveu 277 milímetros desde quinta-feira na cidade

O Decreto de Estado de Emergência possibilita à Administração Municipal, entre outras medidas, realizar compras emergenciais sem necessidade de abrir licitação pública, o que agiliza a manutenção dos pontos atingidos. As áreas mais afetadas pelas chuvas das últimas 48 horas foram os bairros Jardim das Paineiras, na área próxima ao Supermercado São Vicente; Jardim Minda, em trecho da Estrada Sabina Baptista de Camargo; Jardim Santa Emília, Recanto do Sol, Jardim Ricardo, Jardim São Sebastião e Jardim Amanda. Houve registros de pontos de alagamentos, com necessidade de interdição de trânsito na ponte que liga o Jd. Santa Emília ao Jd. Novo Ângulo e na ponte entre o Jd. São Sebastião e Jd. Interlagos. A ponte do Jd. São Sebastião já foi liberada para o tráfego de veículos. Já a do Jd. Santa Emília passará por manutenção, a partir deste domingo (06/01).

A Prefeitura de Hortolândia realiza mutirão para atendimento da população em todas as regiões da cidade que foram afetadas pelo grande volume de chuva registrado nas últimas 48h. A Administração Municipal mobilizou para o mutirão uma equipe formada por 300 pessoas, entre servidores municipais e voluntários. O trabalho começou na sexta-feira (04/01), por volta das 18h, e se estendeu durante a madrugada, sendo retomado às 7h deste sábado (05/01).

A Prefeitura tem dado assistência a todas as pessoas afetadas. Foram fornecidos mais de 500 litros de cloro para limpeza dos imóveis atingidos. A Prefeitura também entregou alimentação às famílias e organizou pontos de arrecadação para doações de roupas, móveis e alimentos não perecíveis. Além disso, tem sido realizada a limpeza de todas as áreas atingidas, com maquinário e caminhão pipa. Também foi feita operação “Cata-Bagulho” para retirar materiais como móveis velhos e restos de madeira, que podem ser levados pela força da água e causar novos alagamentos e entupimentos.

Na Prefeitura, uma equipe de engenheiros está de plantão para avaliar os prédios públicos afetados pela chuva. Na UBS (Unidade Básica de Saúde) Santa Clara, parte do forro cedeu com o peso da água e a unidade ficará interditada nos próximos dias para manutenção. Usuários que utilizam esta unidade de saúde serão redirecionados para atendimento na UBS Campos Verdes, a partir de segunda-feira (07/01).

Onde realizar doações para as famílias afetadas:

Escola de Artes Augusto Boal

Rua Casemiro de Abreu – Jardim Amanda II

Centro de Especialidades em Artes Marciais

Rua Brigadeiro Faria Lima, 410, Vila Real

Ginásio Poliesportivo Victor Savala

Rua Aguinaldo Gomes Cardoso, 500, Jd. Nossa Senhora de Fátima

Núcleo Santa Emília – Cantuário

Rua Luiza Febronio Arini, 263, Jd. Santa Emília

Com informações da Prefeitura de Hortolândia

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora