Hortolândia confirma 46 casos de tuberculose neste ano

Número se aproxima do registrado em todo o ano passado, quando teve 53 casos; cidade realiza busca ativa por mais casos


Foto: Divulgação
A doença se apresenta em qualquer época do ano e as pessoas que estão com sintomas podem procurar a unidade de saúde mais próxima

A Prefeitura de Hortolândia confirmou 46 casos de tuberculose este ano e está em campanha para busca ativa de pacientes com a doença. O número se aproxima do total registrado em 2018, que teve 53 casos.

A campanha vai até o dia 23 de setembro e todas as unidades de saúde de Hortolândia estão mobilizadas na busca ativa de tuberculose. A ação atende a recomendação da Secretaria de Estado da Saúde. O diagnóstico precoce agiliza o tratamento, que tem duração de seis meses e aumenta as chances de cura.

A doença se apresenta em qualquer época do ano e as pessoas que estão com sintomas podem procurar a unidade de saúde mais próxima de sua residência, sem a necessidade de encaminhamento para fazer o teste de tuberculose. Se o resultado for positivo, o tratamento é oferecido gratuitamente na rede pública.

De acordo com a coordenadora técnica da Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Hortolândia, Érica Adriane Ribaldo Ribeiro, o município identificou, neste ano, 46 novos casos de tuberculose. “Dez pacientes já tiveram alta após a cura da doença”, ressaltou.

Dados do Ministério da Saúde apontam que, a cada ano, cerca de 70 mil casos novos no Brasil são notificados, com aproximadamente 4,5 mil mortes provocadas pela doença. Hortolândia em 2018, dos 53 casos, 50 obtiveram cura.

Sintomas

  • Tosse há mais de três semanas
  • Emagrecimento repentino
  • Febre
  • Sudorese noturna

Tratamento

O tratamento é simples, mas prolongado. O paciente precisa tomar medicamentos diariamente, por um período mínimo de seis meses. A interrupção do tratamento e sua retomada posterior dificulta o combate à doença. Por isso, os pacientes não devem abandonar o uso dos remédios, conforme orientação médica. Se todas as orientações forem seguidas, a cura é garantida.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora