18 de abril de 2021 Atualizado 09:19

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

COVID-19

Funções cerebrais de Perugini podem ter sido afetadas após piora, diz prefeitura

Chefe do executivo de Hortolândia luta contra a Covid-19 internado em um hospital de São Paulo, onde está desde 3 de fevereiro

Por Bruno Moreira

01 abr 2021 às 09:47 • Última atualização 01 abr 2021 às 10:19

Prefeito reeleito de Hortolândia, Angelo Perugini, em discurso de posse no dia 1º de janeiro - Foto: Reprodução

Algumas das funções cerebrais do prefeito de Hortolândia, Angelo Perugini (PSD), podem ter sido afetadas diante do agravamento de seu estado de saúde. É o que informa a prefeitura em comunicado divulgado às 9h desta quinta-feira (1º).

A nota menciona que Perugini teve “significativo agravamento do quadro clínico” na luta contra o novo coronavírus (Covid-19). “Vários exames estão sendo realizados para saber o real impacto na sua recuperação”, diz trecho da atualização distribuída à imprensa.

Perugini está internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) de um hospital de São Paulo, onde deu entrada em 3 de fevereiro. Dois dias antes, houve o diagnóstico positivo da doença e o início do atendimento médico no Hospital Samaritano, em Campinas. A intubação do prefeito ocorreu em 9 de fevereiro, já na capital.

O executivo de Hortolândia cita que o acompanhamento do estado de saúde de Perugini junto aos médicos está sendo feito pela filha mais velha e pelo secretário de Governo do município, Carlos Augusto César, o Cafú, amigo de longa data.

Na ausência do prefeito reeleito em novembro do ano passado para o quarto mandato no cargo, a cidade tem sido administrada pelo vice José Nazareno Gomes, o Zezé (PL). O afastamento de Perugini foi aprovado pela câmara em 15 de fevereiro.

“Continuaremos em orações pela sua recuperação”, completa a Prefeitura de Hortolândia.

Publicidade