Detidos pelo Baep, suspeitos de assalto a banco são liberados

Procurada pela reportagem, a PF disse que “foi instaurado inquérito policial e a investigação corre sob sigilo”; caso aconteceu em Hortolândia


O 10º Baep (Batalhão de Ações Especiais de Polícia) deteve dois suspeitos de participarem em um assalto a banco ocorrido nesta segunda-feira (30), no Jardim Rosolem, em Hortolândia. No entanto, ambos foram liberados pela PF (Polícia Federal) em Campinas, após terem prestado depoimento.

A PF e o Baep não informaram as circunstâncias da captura, que aconteceu ainda na segunda-feira, tampouco o motivo da liberação e qual teria sido o envolvimento da dupla no roubo.

Procurada pela reportagem, a PF se limitou a dizer que “foi instaurado inquérito policial e a investigação corre sob sigilo”.

Ao todo, cinco assaltantes participaram do crime, realizado numa agência da Caixa Econômica Federal. Eles roubaram as armas e os coletes balísticos dos vigilantes. Não há informações oficiais sobre valores subtraídos.

Segundo a PM (Polícia Militar), o grupo tinha armamento semelhante a fuzis e metralhadoras. A quadrilha chegou ao estabelecimento em um veículo Hyundai Sonata e causou pânico em quem estava no local. A ação durou menos de dez minutos.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora