Detento é flagrado com 23 microcelulares no estômago

Scanner corporal apontou alterações nas imagens quando o homem voltou do trabalho; ele estava em regime semiaberto


Um detento do CPP(Centro de Progressão Penitenciária) de Hortolândia foi flagrado com 23 microcelulares no estômago ao voltar do trabalho externo nesta terça-feira (26). O homem é beneficiado com regime semiaberto e prestava serviço para a Prefeitura de Campinas.

Foto: Divulgação / SAP
Aparelhos foram vomitados pelo presidiário

De acordo com a SAP (Secretaria de Administração Penitenciária), no momento que o detento passou pelo scanner corporal, os agentes perceberam alterações nas imagens produzidas pelos equipamentos. O homem teria admitido que havia engolido 23 microcelulares e acabou vomitando todos de uma só vez.

O LIBERAL quer saber sua opinião sobre o nosso portal. Acesse o questionário online e nos ajude a melhorar. CLIQUE AQUI PARA RESPONDER A PESQUISA.

“O preso tentou subornar o agente oferecendo a quantia de 10 mil, diante da recusa, ele ficou alterado e ameaçou o servidor e a família deste, além de incitar outros presos a tumultuar o ambiente, dizendo que é membro de uma facção criminosa”, disse a SAP, em nota.

Todos os aparelhos foram encaminhados para a delegacia de Hortolândia e um boletim de ocorrência foi registrado. O detento foi isolado preventivamente e aguarda a decisão do Deecrim (Departamento Estadual de Execução Criminal) para voltar ao regime fechado.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora