Ciclistas de Hortolândia fazem ato para pedir mais ciclovias

Grupo "Amigos da Bike" também reclama da insegurança e da falta de respeito dos motoristas com quem trafega de bicicleta


Um grupo de ciclistas de Hortolândia chamado “Amigos da Bike” promoveu na manhã deste domingo (5) um ato para apresentar as reivindicações do sistema cicloviário para as autoridades do município. O protesto ocorreu na Avenida Santana.

Foto: Amigos da Bike / Divulgação
Ato reuniu ciclistas para pedir mais estrutura em Hortolândia

Sem espaços adequados para pedalar nas ruas, eles reclamam da insegurança e da falta de respeito dos motoristas com quem trafega de bicicleta pela cidade. Na ocasião, eles também destacaram a falta de ciclovias, ausência de planejamento, falta de manutenção e fiscalização nas faixas exclusivas para bikes já existentes em Hortolândia.

De acordo com Walther Barros, de 32 anos, a prática do ciclismo cresceu muito em Hortolândia nos últimos anos, mas esse crescimento não acompanhou a infraestrutura cicloviária. “Temos apenas 4 quilômetros de ciclovias, que por sinal são mal sinalizadas e esburacadas. Algumas vezes são até utilizadas como estacionamento de veículos”, explicou o integrante do “Amigos da Bike”.

Segundo a prefeitura, as ciclovias estão localizadas na Avenida Olívio Franceschini, ligando a Avenida da Emancipação até o Parque Socioambiental Chico Mendes, na região central, e também na Avenida Santana, que sai da região Central e vai até o Jardim Amanda.

Foto: Amigos da Bike / Divulgação
Desrespeito com as ciclovias de Hortolândia é uma das reclamações do grupo

Preocupados com a situação, nesta semana, o grupo lançou um abaixo-assinado online para solicitar que a prefeitura amplie as ciclovias no município, com o objetivo de trazer mais mobilidade e dignidade aos ciclistas que pedalam pela cidade.

Em nota, a Prefeitura de Hortolândia informou que o PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), um conjunto de mais de 100 obras e serviços realizados pela administração, prevê a construção de mais 10 km de ciclovia na cidade.

A ampliação, segundo a administração, vai interligar 11 parques socioambientais desde a região do Jardim Sumarezinho, passando pela região Central e chegando até a região do Jardim Santa Clara. “O programa já está em andamento e sua previsão conclusão é de três anos”, informou a nota.

O grupo

O grupo “Amigos da Bike” de Hortolândia foi criado em março de 2016 e atua com trabalhos sociais na área da educação para o trânsito, educação ambiental e promoção da sustentabilidade. Acompanhe o trabalho do grupo em: https://www.facebook.com/amigossdabike/.

* Patrícia Amorim, sob supervisão de Talita Bristotti.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora