Casal de namorados sofre sequestro relâmpago ao deixar festa

Vítimas foram rendidas por três homens armados e obrigadas a entrar em um carro; houve perseguição e criminosos foram detidos após bater veículo


Um casal de namorados foi vítima de sequestro relâmpago na madrugada desta quarta-feira (14), em Hortolândia. Segundo a polícia, as vítimas, de 32 e 33 anos, foram rendidas por três homens armados ao saírem de uma festa. Os bandidos assumiram a direção do carro, um Onix, obrigaram o casal a entrar no veículo e após serem perseguidos por policiais militares acabaram batendo o automóvel contra um barranco. Ninguém ficou ferido.

De acordo com a tenente do 48ºBPM/I (Batalhão de Polícia Militar do Interior), Vanessa Leme de Souza, as vítimas deixaram uma festa e seguiram para a casa da mulher. A abordagem aconteceu em frente a residência. “O casal relatou que os suspeitos ameaçavam, estavam agressivos e mandaram entregar a carteira e os celulares. Também perguntaram sobre as contas bancárias”, afirmou.

Foto: Divulgação/Polícia Militar
Policiais apreenderam duas armas, dinheiro e pertences das vítimas

Por volta da 00h20, policiais em patrulhamento se depararam com o Onix no cruzamento das Avenidas São Francisco de Assis e Thereza Ana Cecon Breda, na Vila Real, com os faróis apagados. Foi emitido sinais sonoros e luminosos na tentativa de abordar o veículo e o condutor saiu em alta velocidade, dando início a uma perseguição.

O acompanhamento se estendeu por várias ruas e avenidas da cidade quando pelo Jardim Santa Fé o motorista tentou fugir por uma área de invasão, onde havia diversos destroços de construção civil, perdeu o controle e chocou-se contra um barranco. Dentro do carro havia três suspeitos de 16, 18 e 33 anos e o casal de namorados. Também foi apreendido duas armas de fogo, uma calibre 22 e outra de fabricação artesanal.

Tanto os bandidos como as vítimas passaram por atendimento médico no pronto socorro do município e depois foram levados ao plantão policial para registro da ocorrência. De acordo com a tenente, o menor ficou apreendido e os outros dois foram presos. Os três já tinham passagens criminais. “Existe a possibilidade deles [suspeitos] estarem envolvidos em outros roubos na região”, declarou Vanessa.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!