Banco do Povo retoma negociação de dívidas

Empreendedores podem parcelar sua dívidas com o município em até 36 vezes, sendo que os descontos em juros e multa podem chegar a até 50%


O Banco do Povo de Hortolândia, programa de microcrédito a empreendedores formais e informais da cidade, realiza em parceria com o Governo do Estado de São Paulo, retomou nesta semana a renegociação de débitos, que agora podem ser pagos em até 36 vezes e têm descontos que chegam a 50% e multas e juros.

Foto: Prefeitura de Hortolândia / Divulgação
Banco do Povo de Hortolândia oferece a possibilidade de renegociação aos empreendedores inadimplentes

Segundo a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação de Hortolândia, o Banco do Povo tem 100 clientes inadimplentes no momento, sendo que o montante das dívidas chega a R$ 350 mil.

A equipe órgão está entrando em contato com estes empreendedores inadimplentes, a fim de apresentar a possibilidade da renegociação para solução do problema.

“Quando o Banco do Povo começou a funcionar, em 2004, não havia um sistema de cobranças para contratos em atrasos. A cobrança do agente de crédito, também não era eficaz. Com isso, criamos uma carteira de inadimplência alta, que hoje beira quase 40% dos valores emprestados”, informou o diretor do Departamento de Trabalho da Prefeitura, Ederval Gulart Marques

O Banco do povo de Hortolândia funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, no  prédio do Hortofácil, na Rua Argolino de Moraes, 405, na Vila São Francisco.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora